Início Futebol Taça Portugal Show de Martínez no triunfo do FC Porto, Braga opera reviravolta no...

Show de Martínez no triunfo do FC Porto, Braga opera reviravolta no final

75
0
FC Porto's Toni Martinez celebrates after scoring a goal against Arouca during their Portuguese Cup soccer match, held at Dragao stadium, Porto, Portugal, 11 January 2023. JOSE COELHO/LUSA

O FC Porto avançou hoje para os quartos de final da Taça de Portugal de futebol, após triunfar diante do Arouca (4-0), enquanto o Sporting de Braga operou uma reviravolta surpreendente frente ao Vitória de Guimarães (3-2).

No Estádio do Dragão, o detentor do troféu não teve grandes dificuldades para se impor perante um adversário com menos argumentos, tendo marcado por Galeno, aos 31 minutos, e pelo suplente utilizado Toni Martínez (54, 57 e 90+3), que anotou o primeiro ‘hat-trick’ da carreira.

Na reta final do desafio, o técnico dos ‘azuis e brancos’, Sérgio Conceição, que passou hoje a ser o treinador do FC Porto com mais vitórias (216), lançou o ‘capitão’ de equipa Pepe, que não jogava pelos ‘dragões’ desde 12 de dezembro.

Publicidade

Nos ‘quartos, o FC Porto vai medir forças com o Académico de Viseu, do segundo escalão, que também hoje afastou o Beira Mar (2-0), do Campeonato de Portugal, com golos de Yuri Araújo (43) e Famana Quizera (90+5), de penálti.

O jogo de ‘cartaz’ da eliminatória opôs Sporting de Braga ao rival Vitória de Guimarães, que esteve com um pé nos ‘quartos’, acabando por estragar tudo ao ‘adormecer’ na reta final do dérbi minhoto.

O conjunto vimaranense adiantou-se em Braga por Jota Silva, aos 16 minutos, com Anderson Silva (45+6) a deixar os visitantes muito confortáveis no jogo antes do tempo de descanso.

Contudo, apesar da boa vantagem, o Vitória deitou tudo a perder num espaço de cinco minutos, permitindo ao Sporting de Braga virar o jogo, com golos de Abel Ruiz (80 e 85) e Vitinha (82), naquele que foi o grande golo da noite.

Nos ’quartos’, a equipa de Artur Jorge vai ser o anfitrião do Benfica, que na terça-feira afastou o Varzim (2-0).

Na Madeira, o ‘secundário’ Nacional esteve em desvantagem numérica desde o primeiro tempo, porém carimbou a passagem à fase seguinte com um triunfo tangencial na receção aos açorianos do Rabo de Peixe (1-0), do Campeonato de Portugal, por culpa do tento anotado por Bruno Gomes, aos 25 minutos.

No primeiro encontro do dia, em Vila Verde, Braga, a BSAD, da II Liga, confirmou o favoritismo ao vencer o Länk Vilaverdense (Liga 3) por 4-1, face aos remates certeiros de Tiago Lopes, com apenas 20 segundos de jogo, abrindo caminho para Jefferson aumentar a vantagem para os lisboetas, aos 20 minutos.

Um autogolo de Kikas (66) deu algum alento à equipa da casa, mas o mesmo Kikas voltou a faturar, agora na baliza ‘certa’, de penálti (78), antes de Edgar sentenciar o resultado nos instantes finais (90+5).

Artigo anteriorSérgio Conceição torna-se treinador mais vitorioso pelo FC Porto ao 300.º jogo
Próximo artigoDakar2023: Ricardo Porém vence pela primeira vez nos SSV

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui