Início Política Alemanha encoraja aliados a treinar ucranianos nos tanques Leopard

Alemanha encoraja aliados a treinar ucranianos nos tanques Leopard

24
0

A Alemanha encorajou os países que pretendem fornecer tanques Leopard à Ucrânia a iniciar o treino dos militares ucranianos que os vão operar, anunciou hoje o ministro da Defesa alemão, Boris Pistorius.

“Encorajei expressamente os países parceiros que têm tanques Leopard prontos para serem destacados para treinar as forças ucranianas nesses tanques”, disse Pistorius numa conferência de imprensa em Berlim com o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg.

A Ucrânia tem pedido insistentemente que lhe sejam entregues os tanques fabricados pela Alemanha para combater as tropas russas, mas o Governo de Berlim ainda não decidiu se os vai fornecer.

Publicidade

A Polónia, que já tinha anunciado que estava pronta para enviar os tanques alemães do seu exército para a Ucrânia, disse hoje que formalizou um pedido de autorização à Alemanha nesse sentido.

A ministra dos Negócios Estrangeiros alemã, Annalena Baerbock, já tinha afirmado, no domingo, que Berlim não se oporia a esse pedido.

“Não somos um obstáculo”, disse hoje Pistorius no final de uma reunião com Stoltenberg, citado pela revista alemã Der Spiegel.

Pistorius disse ainda que o Governo alemão deverá tomar em breve uma decisão sobre a entrega dos tanques a Kiev.

“No que diz respeito aos tanques Leopard, ainda não há notícias. Sempre disse que conto com uma decisão a ser tomada em breve, e continuo nessa base”, afirmou, citado pela agência EFE.

O chefe da NATO disse na mesma conferência de imprensa que também espera uma solução em breve para as consultas iniciadas por Berlim com outros aliados para coordenar a possível entrega de tanques Leopard à Ucrânia.

“Neste momento crucial, temos de fornecer à Ucrânia armas pesadas. Discutimos a questão do fornecimento de tanques, as consultas entre aliados vão continuar e espero que tenhamos uma solução em breve”, disse.

A visita do secretário-geral da NATO a Berlim ocorre depois de a Alemanha ter mantido o seu bloqueio ao fornecimento de tanques de combate numa reunião de mais de 40 aliados na base aérea de Ramstein, na sexta-feira.

“Haverá novas decisões à medida que avançarmos como uma aliança”, disse o antigo primeiro-ministro da Noruega e atual chefe da NATO, a sigla em inglês da Organização do Tratado do Atlântico Norte, que reúne 30 países, incluindo Portugal.

Stoltenberg disse que o tempo é curto para fornecer à Ucrânia tanques e outras armas pesadas, dado que a Rússia está a preparar novas ofensivas na primavera.

“Os tanques são importantes para repelir as ofensivas russas e para a Ucrânia retomar o seu território”, afirmou.

Stoltenberg disse que os países da NATO que possuem tanques Leopard já estão a iniciar o processo de identificação do equipamento, preparando-o para o enviar para Kiev e iniciando o treino das tropas ucranianas, mas advertiu que o processo levará algum tempo.

Face a críticas à Alemanha por não ter desbloqueado o envio dos tanques, Stoltenberg elogiou o apoio alemão à Ucrânia, referindo que inclui sistemas de defesa aérea, veículos blindados, artilharia e munições.

“As armas alemãs estão a salvar vidas na Ucrânia todos os dias e a impedir ataques de mísseis russos a escolas e hospitais”, disse.

Stoltenberg reafirmou que a guerra iniciada há quase um ano pela Rússia causou os maiores desafios para a segurança dos aliados em gerações.

Disse que não há qualquer indicação de que o Presidente russo, Vladimir Putin, tenha alterado os seus objetivos na Ucrânia.

Defendeu, por isso, que a única forma de alcançar uma paz duradoura é deixar claro que a Rússia não vença no campo de batalha.

“Neste momento crucial da guerra, devemos fornecer sistemas mais pesados e avançados à Ucrânia, e devemos fazê-lo mais rapidamente”, insistiu, citado pelos serviços de imprensa da NATO.

Artigo anteriorRobbie Williams é cabeça de cartaz do North Festival em maio no Porto
Próximo artigoFernando Santos quer “deixar um legado” como selecionador da Polónia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui