Início Desporto Futebol Treinadora do Benfica diz que obrigação de vencer Rosengard é “pressão boa”

Treinadora do Benfica diz que obrigação de vencer Rosengard é “pressão boa”

60
0
FOTO: SL Benfica

A obrigação de vencer o Rosengard para continuar na luta pelo apuramento para os quartos de final da Liga dos Campeões feminina de futebol é uma “pressão boa” para o Benfica, disse hoje a treinadora, Filipa Patão.

As ‘encarnadas’ venceram as suecas na ronda anterior, por 1-0, no Seixal, e continuam a alimentar a esperança de seguir em frente na competição, mas Filipa Patão lembrou que, acima de tudo, o objetivo é “somar mais pontos do que no ano passado”.

“Mais do que passar aos ‘quartos’, o nosso objetivo é somar mais pontos do que no ano passado e depois, se conseguirmos ganhar este jogo com o Rosengard, pensar o que conseguimos fazer mais à frente”, apontou a treinadora, na Cova da Piedade, antes de partir para a Suécia.

Publicidade

A técnica, de resto, teve a preocupação de ‘sacudir’ a pressão dos ombros das suas jogadoras, até porque, insistiu, “enquanto o futebol português não evoluir um bocadinho mais, é impossível” pedir ao Benfica para ombrear com os ‘tubarões’ do futebol feminino europeu.

“A verdade é que o Benfica encontra-se num ranking bem abaixo de qualquer adversário do nosso grupo, mas, dentro de campo, não tem sido assim. Portanto, pressão vamos sempre ter, mas é uma pressão boa, que é termos sempre de fazer o melhor possível com esta camisola. Mas não somos obrigados a nada neste momento”, advertiu.

No mesmo registo, a avançada Jéssica Silva assumiu que as ‘encarnadas’ querem muito “jogar estes jogos grandes e continuar na ‘Champions’”, mas frisou que, “mais do que isso”, pretendem “continuar a crescer”.

“Uma equipa que entra para este tipo de competições a querer ganhar, quer dizer muito. É só a nossa quinta época e a verdade é que temos evoluído. Já nem vou falar de ranking, mas batermo-nos tão bem contra grandes equipas, isso quer dizer muita coisa”, comentou a jogadora internacional portuguesa.

Ainda assim, e apesar de apontar que a equipa pensa “numa vitória e num jogo de cada vez”, Jéssica Silva não descartou a ambição de chegar aos quartos de final da Liga dos Campeões.

“Matematicamente, é possível. E enquanto tivermos as nossas possibilidades, tudo vamos fazer para estar lá”, atirou a avançada das ‘encarnadas’.

O Benfica visita o Rosengard na quarta-feira, em encontro da quarta jornada da Liga dos Campeões feminina de futebol, com início marcado para as 17:45 (hora de Lisboa) no Malmö Idrottsplats e arbitragem da macedónia Ivana Projkovska.

A equipa orientada por Filipa Patão segue em terceiro lugar do Grupo D, com três pontos, menos três do que o Bayern Munique e menos seis do que o FC Barcelona, equipas que se defrontam também na quarta-feira, na Alemanha.

Artigo anteriorLuxemburgo: Controlos de velocidades (6 dezembro)
Próximo artigoMafra e Vizela empatam em jogo animado da Taça da Liga

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui