Início Desporto Futebol Treinador interino do Paços com ambição na visita ao Sporting

Treinador interino do Paços com ambição na visita ao Sporting

61
0

O treinador interino do Paços de Ferreira, Marco Paiva, reconheceu hoje o momento complicado da equipa, última classificada da I Liga de futebol, revelando vontade de começar a reverter a situação diante do Sporting, na 14.ª jornada, quinta-feira.

“É sempre uma responsabilidade estar neste lugar [de treinador] num clube como o Paços. O momento é complicado, agora temos uma missão, que é dar a volta e olhar para a frente e chegarmos com vontade de caminharmos para sair desta situação o mais rápido possível”, disse Marco Paiva, na conferência de antevisão ao jogo de Alvalade.

Marco Paiva, que já tinha sido chamado a funções após a saída de César Peixoto, vai agora estrear-se no banco de suplentes, liderando uma equipa e um balneário que “não está no seu melhor momento”.

Publicidade

“Neste momento de dificuldade, temos de caminhar juntos e encontrar uma marca de solidariedade grande, em que ninguém nunca vira a cara à luta. Queremos ir juntos e dar uma imagem diferente, queremos que todos, da estrutura às nossas famílias, se orgulhem do que fazemos”, sublinhou.

O atual coordenador da formação do emblema nortenho entende, por isso, que “o jogo [diante do Sporting] não vale só três pontos”, tendo em conta a necessidade de “recuperar a imagem do clube”, desvalorizando o seu futuro no banco da equipa principal pacense.

“O que me foi pedido neste período de transição foi fazer o melhor o para o clube. Foi dito aos jogadores que independentemente de estarmos um dia, duas semanas ou mais, iríamos trabalhar com o máximo de seriedade e esperávamos deles a máxima responsabilidade e empenho” referiu.

O Paços de Ferreira ainda não venceu qualquer um dos 17 jogos oficiais realizados esta época e no campeonato ocupa o último lugar, com apenas dois pontos. O Sporting é o próximo adversário.

“Temos de dar um primeiro passo e espero dos jogadores capacidade de darem tudo pelo clube e pelo colega do lado. Esperamos um Sporting, se calhar, no melhor momento de época, mas temos de contrariar esse tipo de situação, com as armas que temos, com atitude e um espírito muito forte”, defendeu Marco Paiva.

A ideia do técnico interino do Paços é ir a Alvalade “tentar discutir o resultado”, sem uma estratégia demasiado defensiva e com ambição.

“Vamos querer jogar e olhar para a baliza do Sporting e jogar no campo todo. Se o Sporting, por sua iniciativa e qualidade, nos obrigar a uma atitude mais defensiva, teremos de defender mais e ser melhores a defender, mas vamos querer atacar e olhar para a baliza do Sporting com vontade de fazer golos”, concluiu.

Tiago Ilori, cedido pelos ‘leões’, está fora do jogo, juntando-se na lista de indisponíveis a Ibrahim e Luís Bastos, ambos por lesão. Kayky e Koffi deixaram, entretanto, o clube e também não são opção para Marco Paiva.

O Paços de Ferreira, último, com dois pontos, defronta o Sporting, quarto, com 25, no estádio José de Alvalade na quinta-feira, às 21:15, num jogo que terá arbitragem de

António Nobre, da associação de Leiria.

Artigo anteriorAbel Ferreira descarta necessidade de culminar ciclo no comando do Palmeiras
Próximo artigoCasa Pia vence em Portimão e sobe ao quarto lugar da I Liga

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui