Início Futebol Taça da Liga Sporting de Braga bate frágil Paços de Ferreira em noite tranquila

Sporting de Braga bate frágil Paços de Ferreira em noite tranquila

78
0
O jogador do Sporting de Braga, Gorby Baptiste (D), disputa a bola com o jogador do Paços de Ferreira, Arthur Sales, durante o jogo da Taça da Liga de futebol, fase de grupos, 3.ª jornada, realizado no Estádio Municipal de Braga, 11 de dezembro de 2022. HUGO DELGADO/LUSA

O Sporting de Braga venceu hoje o Paços de Ferreira, por 2-0, com golos de Álvaro Djaló e Abel Ruiz, fechando o Grupo D da Taça da Liga de futebol só com triunfos.

Os minhotos já tinham batido o Trofense (3-0) e o Casa Pia (1-0, fora), vitórias com as quais já tinham garantido a passagem aos quartos de final da prova, pelo que o jogo de hoje já não tinha qualquer carga decisiva, o que se refletiu na toada ‘morna’ ao longo de quase todo o desafio.

O Sporting de Braga, que deve enfrentar o Sporting na próxima fase, impôs-se com naturalidade, com golos de Álvaro Djaló (42 minutos) e Abel Ruiz (45+1), jogador que ainda desperdiçou uma grande penalidade (34).

Publicidade

O Paços de Ferreira continua sem ganhar esta época, tendo somado a 13.ª derrota em 17 jogos oficiais. Foi o sétimo jogo de José Mota no comando técnico dos pacenses e a quinta derrota.

Como tinha avançado na véspera, Artur Jorge fez várias alterações no ‘onze’ titular, merecendo destaque para a estreia do jovem guardião checo Lukas Hornicek.

Bem cedo (12), Artur Jorge recorreu a outro ‘produto’ da formação bracarense, o médio Pedro Santos, devido à lesão de Gorby.

Numa primeira parte jogada a ritmo baixo, Abel Ruiz (05) e Arthur Sales (20) obrigaram Jordi e Hornicek, respetivamente, a defesas atentas.

Aos 34 minutos, o árbitro Rui Costa assinalou uma grande penalidade muito contestada pelos pacenses, após um erro crasso de Jordi, que deixou que Álvaro Djaló lhe roubasse a bola, mas o guardião brasileiro não parece depois tocar no jogador bracarense.

Na conversão do castigo máximo, contudo, Abel Ruiz atirou à barra.

O Paços de Ferreira teve uma clara ocasião para se adiantar no marcador pouco depois, por Arthur Sales, mas Bruno Rodrigues, com um grande corte, impediu-o (39).

Seria mesmo o Sporting de Braga a marcar, com Álvaro Djaló, de cabeça, ao primeiro poste, após canto de André Horta da esquerda, a antecipar-se ao seu marcador e a Jordi.

A terminar a primeira parte, ‘sociedade’ espanhola com Álvaro Djaló a isolar com um grande passe Abel Ruiz e o avançado internacional a fazer o segundo dos minhotos (45+1).

No segundo tempo, a qualidade do jogo ainda caiu mais e não houve oportunidades claras de golo para nenhuma das equipas.

Jogo no Estádio Municipal de Braga.

Sporting de Braga – Paços de Ferreira, 2-0.

Ao in-tervalo: 2-0.

Marcadores:

1-0, Álvaro Djaló, 42 minutos.

2-0, Abel Ruiz, 45+1.

Equipas:

– Sporting de Braga: Lukas Hornicek, Victor Gómez, Tormena (Serdar, 86), Bruno Rodrigues, Borja, Gorby (Pedro Santos, 12), André Horta, Diego Lainez (Rodrigo Gomes, 46), Álvaro Djaló (Roger, 76), Hernâni (Macedo, 86) e Abel Ruiz.

(Suplentes: Matheus, Serdar, Niakaté, Pedro Santos, Al Musrati, Roger, Rodrigo Gomes, Macedo e Vitinha).

Treinador: Artur Jorge.

– Paços de Ferreira: Jordi, Jorge Silva, Pedro Ganchas, Nuno Lima, Bastos (Antunes, 82), Rui Pires (Luiz Carlos, 82), Holsgrove, Bastien Toma (Delgado, 66), Uilton (Mauro Couto, 66), Arthur Sales e Nigel Thomas (Adrian Butzke, 54).

(Suplentes: Vekic, Antunes, Delgado, Adrian Butzke, Luiz Carlos, Fernando, Flávio Ramos e Mauro Couto).

Treinador: José Mota.

Árbitro: Rui Costa (AF Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Holsgrove (37), Victor Gómez (54), Rui Pires (68), Luís Bastos (75).

Assistência: 4.998 espetadores.

Artigo anteriorPepe vincou a importância de “aprender” no regresso a Lisboa
Próximo artigoLuxemburgo: Controlos de velocidades (12 dezembro)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui