Início Desporto Futebol Sevilha impõe primeira derrota ao Benfica de Schmidt em jogo particular no...

Sevilha impõe primeira derrota ao Benfica de Schmidt em jogo particular no Algarve

95
0
O jogadoir do Benfica, Neres (D), disputa a bola com o jogador do Sevilha, Ivan Rakitic, durante o jogo particular realizado no Estádio Algarve, Faro, 11 de dezembro de 2022. LUÍS FORRA/LUSA

O Benfica sofreu hoje a primeira derrota da época de futebol 2022/2023, ao perder com os espanhóis do Sevilha, por 1-0, em jogo particular disputado no Estádio Algarve, decidido no segundo tempo com golo de Rakitic.

Num encontro amigável em que Roger Schmidt fez alinhar duas equipas diferentes em cada parte, as ‘segundas linhas’ não evitaram o primeiro desaire do técnico alemão ao serviço dos ‘encarnados’, à 34.ª partida – 27 oficiais e seis particulares -, face ao solitário tento do experiente médio croata, aos 61 minutos.

O Benfica voltou ao Algarve, onde já tinha estado na pré-época, aproveitando agora a pausa para a realização do Mundial2022 e o interregno de três semanas entre jogos na Taça da Liga: não competia desde 26 de novembro e os jogadores voltaram ao trabalho esta semana depois de umas ‘miniférias’ de 10 dias.

Publicidade

A grande novidade no ‘onze’ dos ‘encarnados’ foi o experiente lateral-direito André Almeida, que esta época ainda não somou minutos em jogos oficiais, já que o ‘mundialista’ Bah ainda está ausente, após a eliminação da Dinamarca na fase de grupos da competição que se realiza no Qatar. 

Com um início mais pressionante, a equipa de Roger Schmidt conseguiu as primeiras ameaças de perigo, por Grimaldo, aos cinco minutos, e Musa (10), enquanto Draxler não conseguiu dominar o passe de Diogo Gonçalves na ‘cara’ de Dmitrovic e perdeu tempo de remate (20).

Nos espanhóis, em que dos seus 10 representantes no Mundial, só estavam em campo os sérvios Dmitrovic e Gudelj em campo, foi o médio ex-Sporting, hoje um dos três centrais, o autor do primeiro remate à baliza, num tiro ‘do meio da rua’ para defesa de Helton Leite (26).

O encontro prosseguiu em ritmo de pré-época até ao intervalo, mas o golo rondou as duas balizas, primeiro num remate por cima de Rafa Mir, após centro de Óliver Torres (33), depois por Rafa Silva, que no duelo com Dmitrovic permitiu a defesa do guardião (40), e ainda por Jordán, que atirou ao lado após boa jogada dos andaluzes (45+2).

Para a segunda metade, Roger Schmidt trocou a equipa toda, com destaque para a inclusão do norueguês Aursnes, recuperado da lesão muscular que o impedia de competir desde início de novembro.

A qualidade do futebol ‘encarnado’ diminuiu e os espanhóis, a realizarem um campeonato abaixo das expectativas – ocupam o 18.º lugar, em zona de descida -, assumiram o ascendente, que se expressou no marcador com o golo de Rakitic, aos 61 minutos, num remate colocado ao ângulo direito da baliza defendida pelo internacional sub-21 português Samuel Soares.

Até ao apito final, só Rodrigo Pinho (72) e Henrique Araújo (90+3) ameaçaram o empate, enquanto aos 77 minutos, devido à lesão de David Neres, Roger Schmidt deu a João Neves, jovem médio de 18 anos que no ano passado integrou o plantel vencedor da UEFA Youth League, a sua estreia na equipa principal.

O Benfica volta aos compromissos oficiais no próximo sábado, com a obrigatoriedade de vencer no terreno do Moreirense para ser primeiro classificado no Grupo C e garantir o apuramento para os quartos de final da Taça da Liga.

Jogo disputado no Estádio Algarve.

Benfica – Sevilha, 0-1.

Ao intervalo: 0-0.

Marcador:

0-1, Rakitic, 61 minutos.

Equipas:

– Benfica: Helton Leite, André Almeida, João Victor, Brooks, Grimaldo, Florentino, Chiquinho, Diogo Gonçalves, Rafa Silva, Draxler e Musa. Jogaram ainda Samuel Soares, Gilberto, Lucas Veríssimo, Morato, Ristic, Aursnes, Paulo Bernardo, David Neres, Gil Dias, Rodrigo Pinho, Henrique Araújo e João Neves.

Treinador: Roger Schmidt.

– Sevilha: Dmitrovic, Jesús Navas, Nianzou, Fernando, Gudelj, Rekik, Óliver Torres, Jordán, Rakitic, Rafa Mir e Suso. Jogaram ainda Carlos Álvarez, José Ángel, Nacho Quintana, Kike Salas, Pedro Ortiz, Ryan, Lulo, Manu Bueno, Hormigo e Isaac.

Treinador: Jorge Sampaoli.

Árbitro: Miguel Nogueira (AF Lisboa).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Lucas Veríssimo (66), Isaac (81) e Gilberto (88).

Assistência: Cerca de 5.000 espetadores.

Artigo anteriorTaxista que caiu na ribeira de Odivelas foi encontrado sem vida no Barreiro
Próximo artigoPepe vincou a importância de “aprender” no regresso a Lisboa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui