Início Televisão Quatro milhões assistiram ao jogo que deu vitória à Argentina

Quatro milhões assistiram ao jogo que deu vitória à Argentina

85
0

Quatro milhões de telespetadores assistiram à final do Mundial2022, no domingo, que deu vitória à Argentina no jogo com a França, de acordo com os dados da Universal McCann, agência de meios do grupo Mediabrands.

A Argentina tornou-se campeã mundial de futebol, ao vencer a França por 4-2.

“A RTP1 emitiu o jogo que contou com um total de 3,8 milhões de pessoas a assistir, com uma audiência média de 2,2 milhões e ‘share’ de 55,5%”, refere a Universal McCann.

Publicidade

A emissão do jogo na Sport TV “registou um total de 191 mil telespetadores, com uma audiência média de 102 mil e 2,6% de ‘share’, perfazendo um total de quatro milhões de telespetadores, uma média de 2,2 milhões de telespetadores e 58,1% de ‘share’, em termos acumulados”, adianta.

“A transmissão deste jogo pela RTP1 teve um grande impacto para o canal, uma vez que registou um ‘share’ de 23,1%”, refere a Universal McCann.

Aliás, durante o período do Mundial2022 “as estações televisivas que transmitiram jogos do Mundial registaram um aumento do seu ‘share’, quando comparado com a média do mês de outubro, sendo a RTP1 a estação televisiva que mais aumentou (3,6 pontos percentuais e 13,6% de ‘share’)”, de acordo com a análise.

Comparando com as finais das últimas grandes competições, “o jogo da Argentina x França teve a maior percentagem de pessoas coladas ao ecrã durante o período do jogo”.

No que respeita à audiência média, “a final entre Argentina x França ficou à frente da final do Mundial da Rússia de 2018, mas a final do Euro 2020, que também ficou resolvida apenas nas grandes penalidades, teve uma audiência média ligeiramente superior”.

As finais do Mundial de 2018 do Euro2020 e do Mundial de 2022 “ficaram na 5.ª posição no ‘top’ de jogos mais vistos em canal aberto”, remata.

No jogo de domingo, que se realizou no Qatar, verificou-se uma tendência de crescimento da audiência “ao longo de toda a emissão”.

Na primeira e segunda parte, a curva das audiências “foi algo inconstante, no entanto após os golos da França o crescimento das audiências é mais acentuado”.

Durante o prolongamento manteve-se o ritmo de subida, tendo sido “os penalties a serem o principal ponto de interesse para os telespetadores” e o “pico de audiência foi registado durante as grandes penalidades, já no fim da partida”.

Artigo anteriorCinema português com múltiplas estreias mundiais no festival de Roterdão
Próximo artigoTAP alarga oferta de voos para EUA, Brasil e Venezuela no verão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui