Início Desporto Futebol Óbito/Pelé: Sporting diz que tricampeão do Mundo “nunca será esquecido”

Óbito/Pelé: Sporting diz que tricampeão do Mundo “nunca será esquecido”

54
0
A minute's silence in honour of Antonio Maia, a Sporting club member and former athlete and maintenance technician who died this Thursday at the age of 73, and also to former Brazilian soccer player Edson Arantes do Nascimento, known as Pele who died today at the age of 82, before the Portuguese First League soccer match held at Alvalade stadium in Lisbon, Portugal, 29 December 2022. MIGUEL A. LOPES/LUSA

O Sporting lamentou hoje a morte do antigo futebolista brasileiro Edson Arantes do Nascimento, conhecido como Pelé, aos 82 anos, salientando que o tricampeão mundial “nunca será esquecido”.

“Espalhou magia dentro das quatro linhas e nunca será esquecido pelo mundo do futebol. Até sempre, Pelé”, escreveram os ‘leões’ na rede social Twitter.

Numa nota de condolências publicada no sítio oficial dos ‘verdes e brancos’ na Internet, o clube manifesta “pesar” e endereça “as mais sentidas condolências”, não deixando “de enaltecer e agradecer os anos de dedicação e devoção ao mundo do futebol e do desporto”.

Publicidade

O clube lembra ainda uma digressão do Santos em 1959, na Europa, na qual enfrentou o Sporting no Estádio José Alvalade, com um empate a duas bolas no qual Pelé marcou um dos golos dos brasileiros.

A lenda do futebol brasileiro e mundial, único jogador tricampeão do Mundo, ficou internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo, em 29 de novembro, quando se submeteu a uma reavaliação do tratamento ao cancro de colón detetado em setembro de 2021, e ao tratamento de uma infeção respiratória, agravada pela covid-19, com antibióticos.

Desde que foi operado ao cancro, Pelé passou por um ciclo de sessões de quimioterapia que o obrigou a ir várias vezes ao hospital para acompanhar a sua evolução.

A saúde de Pelé piorou nos últimos anos também por outras causas, como problemas na coluna, na anca e nos joelhos, que reduziram a sua mobilidade e o obrigaram a ser operado, além de ter sofrido uma crise renal, o que reduziu drasticamente as suas aparições públicas, embora tenha continuado ativo nas redes sociais.

Pelé, o único futebolista três vezes campeão do mundo, em 1958, 1962 e 1970, assinou 77 golos nas 92 internacionalizações pela seleção brasileira, tendo vestido as camisolas do Santos e dos norte-americanos do New York Cosmos.

Foi ainda ministro do Desporto no governo de Fernando Henrique Cardoso, entre 1995 e 1998.

Artigo anteriorOE2023: Presidente da República promulga Orçamento para o próximo ano
Próximo artigoMorreu a designer de moda e ativista Vivienne Westwood

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui