Início Futebol Taça da Liga Sporting de Braga vence com clareza frágil Trofense

Sporting de Braga vence com clareza frágil Trofense

78
0
O jogador do SC Braga Al Musrati (E) festeja após marcar um golo, durante o jogo da 2.ª jornada da fase de grupos da Taça da Liga, SC Braga vs CD Trofense, realizado no Estádio Municipal de Braga, em Braga, 26 de novembro de 2022. HUGO DELGADO/LUSA

O Sporting de Braga, terceiro classificado da I Liga, venceu, hoje, o Trofense, penúltimo da II Liga, por 3-0, na primeira jornada do Grupo D da Taça da Liga de futebol, triunfo que peca por escasso.

Banza, aos 16 minutos, Al Musrati (42) e Hernâni (90+4) marcaram os golos de uma vitória tranquila do Sporting de Braga, que lidera já o Grupo D, à frente de Casa Pia (um ponto), Paços de Ferreira (um) e Trofense (zero).

A equipa de Artur Jorge podia ter vencido por outros números, já que dispôs de várias ocasiões para marcar, com especial destaque para o perdulário Abel Ruiz.

Publicidade

Três meses depois, Banza voltou a marcar, encostando para o primeiro golo dos bracarenses, após assistência de Abel Ruiz, numa jogada rápida de contra-ataque, que também contou com a intervenção de Iuri Medeiros.

O avançado francês não marcava desde 28 de agosto, na goleada, fora, ao Arouca (6-0), na quarta jornada da I Liga.

O Sporting de Braga continuou por cima do jogo e, aos 23 minutos, bem servido por Borja, Iuri Medeiros atirou por cima em excelente posição na área.

Mais preocupado em defender, o Trofense, penúltimo da II Liga, dispôs de uma boa ocasião no primeiro tempo, por Bandaogo, após erro de André Horta, mas o remate do médio do Burkina Faso em plena área saiu por cima (38).

Seria, contudo, a equipa da casa a dilatar a vantagem, com Al Musrati, de cabeça, após canto cobrado por André Horta, a bater o guardião trofense.

A equipa da Trofa entrou mais atrevida na segunda parte e chegou mais vezes à área contrária, mas o novo fôlego durou cerca de 25 minutos.

Depois, o Sporting de Braga voltou a pegar no jogo e começou a desperdiçar claras situações de golo.

Castro ‘disparou’ saiu ao poste (73), Álvaro Djaló rematou com perigo depois de boa jogada individual (80), Abel Ruiz, isolado em duas ocasiões não conseguiu marcar (83 e 87) e Hernâni, na área, atirou por cima (90+1).

Até que, na última jogada do encontro, Hernâni fez o terceiro golo dos bracarenses, contando com a ‘ajuda’ involuntária de um defesa para trair o guardião contrário (90+4).

Estádio Municipal de Braga.

Sporting de Braga – Trofense, 3-0.

Ao intervalo: 2-0.

Marcadores:

1-0, Banza, 16 minutos.

2-0, Al Musrati, 42.

3-0, Hernâni, 90+4.

Equipas:

– Sporting de Braga: Tiago Sá, Victor Gómez, Bruno Rodrigues, Niakaté, Borja, Al Musrati (Gorby, 90), André Horta (Castro, 67), Iuri Medeiros (Rodrigo Gomes, 79), Diego Lainez (Hernâni, 67), Abel Ruiz e Banza (Álvaro Djaló, 67).

(Suplentes: Matheus, Fabiano, Serdar, Castro, Gorby, Álvaro Djaló, Rodrigo Gomes, Hernâni e Vitinha).

Treinador: Artur Jorge.

– Trofense: Tiago Silva, Rúben Pereira, Marcos Valente, Simão Martins, Daniel Liberal, Vanilsom (Welves, 78), Bandaogo (Martim Maia, 85), Vasco Rocha (Bechou, 65), Djalma (Beni, 65), Tiago André e Okitokandjo (Pachu, 46). 

(Suplentes: Martim Maia, Traquina, André, Beni, Welves, Pachu, Caio Marcelo, Tiago Manso e Bechou).

Treinador: Jorge Castilha.

Árbitro: Ricardo Baixinho (AF Lisboa).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Niakaté (39), Okitokandjo (45+2) e Diego Lainez (64).

Assistência: 6.294 espetadores.

Artigo anteriorObiang reeleito Presidente da Guiné Equatorial com 94,9% dos votos – Oficial
Próximo artigoMundial2022: Argentina vence México e sobe ao segundo lugar do Grupo C

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui