Início Comunidades Secretário de Estado das Comunidades visita África do Sul entre 08 e...

Secretário de Estado das Comunidades visita África do Sul entre 08 e 12 de novembro

59
0

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, Paulo Cafôfo, visita a África do Sul, entre 08 e 12 de novembro, na sua primeira visita oficial ao país para contactar a comunidade portuguesa, anunciou hoje o Ministério dos Negócios Estrangeiros.

A visita inicia-se na Cidade do Cabo, e antes de terminar em Pretória inclui deslocações a Durban, Joanesburgo e Benoni, lê-se na nota enviada à agência Lusa.

A deslocação de Paulo Cafôfo “enquadra-se no conjunto de iniciativas junto da diáspora, para este mandato, denominado ‘Portugal no Mundo: Caminhos para a Valorização das Comunidades Portuguesas’, com o objetivo de reforçar laços, aproximando os portugueses residentes no estrangeiro” a Portugal e, “simultaneamente, contribuir para uma visão atual” da diáspora portuguesa.

Publicidade

Além dos consulados-gerais de Portugal na Cidade do Cabo e em Joanesburgo, do consulado honorário de Durban, bem como da embaixada e secção consular de Pretória, o secretário de Estado contactará várias instituições e associações, “na perspetiva de aprofundar o conhecimento da comunidade portuguesa na África do Sul, designadamente nas dimensões de participação cívica e social, bem como de afirmação de identidade cultural e integração”.

A deslocação privilegiará a “vertente económica e empresarial”, tendo em conta a “multiplicidade de facetas da comunidade lusa na África do Sul, nos seus exemplos de empreendedorismo”, sinaliza a nota.

A agenda de Paulo Cafôfo prevê visitas desde empresas multinacionais ao “pequeno comerciante empreendedor, que labora no mercado abastecedor, contemplando ainda o setor primário, no caso, as pescas”.

“O mercado abastecedor de Joanesburgo é das maiores superfícies comerciais do mundo de venda de produtos frescos e ali trabalham mais de uma centena de portugueses e lusodescendentes. A comunidade portuguesa na África do Sul conta com mais de cem mil cidadãos nacionais, conforme as inscrições consulares registadas”, detalha-se no comunicado.

Artigo anteriorPortuguês detido em Hong Kong acusado do crime de sedição
Próximo artigoBê Martins eleito melhor do ano no futebol de praia em 2022

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui