Início Política Presidente da República recebeu carta com uma bala, mas desvalorizou

Presidente da República recebeu carta com uma bala, mas desvalorizou

44
0
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, discursa durante um encontro com o presidente da associação CIVICA - Autarcas de Origem Portuguesa em França, Paulo Marques (ausente na foto), em Lisboa, 11 de outubro de 2022. RODRIGO ANTUNES/LUSA

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, desvalorizou o recebimento de uma carta, nos últimos dias, com uma bala dentro e um pedido de um milhão de euros, tendo o caso sido entregue à Polícia Judiciária.

O Correio da Manhã noticiou que Marcelo Rebelo de Sousa, que não se encontrava em Belém na altura, recebeu uma carta anónima com uma bala dentro, um telemóvel e um pedido de um milhão de euros que deveria ser enviado para uma conta bancária discriminada na missiva.

Em declarações à CMTV, Marcelo Rebelo de Sousa desvalorizou a situação, destacando ter recebido mais “ameaças” quando tinha programa de televisão na RTP e na TVI do que em Belém.

Publicidade

“Quem anda nesta vida e eu já ando há 30 anos tem disto enfim às dezenas (…). Acontece eu não dou grande importância”, disse.

O Presidente da República referiu que este tipo de situações acontece espaçadamente, nunca se tendo confirmado qualquer gravidade.

“Isto acontece espaçadamente nunca se veio a confirmar qualquer gravidade da situação. Normalmente há o caso da perturbação ou nem é possível investigar o que se trata porque são cartas anónimas e, portanto, aqui também não porque estava fora. Estando fora os serviços entenderam comunicar à Policia Judiciária”, afirmou.

Artigo anteriorPresidente polaco visita local atingido por míssil e reitera que foi um “acidente”
Próximo artigoMundial2022: Dezenas de adeptos no aeroporto desejam longa estadia a Portugal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui