Início Futebol Mundial 2022 “Não me sinto desconfortável com saída de Ronaldo do United” – Bruno...

“Não me sinto desconfortável com saída de Ronaldo do United” – Bruno Fernandes

63
0
Portugal national team player Bruno Fernandes attends a press conference ahead of their Fifa World Cup 2022 group H match on 24 November against Ghana, at the Qatar National Convention Center (QNCC) in Doha, Qatar, 23 November 2022. JOSE SENA GOULAO/LUSA

O futebolista Bruno Fernandes disse hoje que não se sente desconfortável e rejeitou escolher um lado, face à saída do compatriota Cristiano Ronaldo do Manchester United, anunciada a dois dias da estreia de Portugal no Mundial2022 do Qatar.

Na terça-feira, o clube britânico anunciou a rescisão com o avançado de 37 anos, por mútuo acordo e “efeitos imediatos”, na sequência da entrevista em que criticou fortemente o clube, o treinador, Erik ten Hag, e revelou sentir-se “traído” e desrespeitado naquele emblema, ao qual regressou em 2021, após uma primeira passagem (2003-2009), já depois de representar Real Madrid e Juventus.

“Obviamente que o Cristiano não falou comigo sobre a decisão dele, que é pessoal, e algo que lhe diz respeito somente a ele e à sua família. Não falámos sobre isso”, começou por dizer o médio luso, que alinha precisamente nos ‘red devils’, na conferência de imprensa de antevisão ao encontro com o Gana, na quinta-feira.

Publicidade

Apesar de confessar ter uma ótima relação com o capitão da equipa das ‘quinas’, Bruno Fernandes deixa claro que não se sente desconfortável com a decisão do compatriota, rejeitando escolher o lado do clube ou o lado do jogador.

“Não me sinto desconfortável, nem tenho de escolher lado nenhum. Representar a seleção com o Cristiano foi uma honra e jogarmos no mesmo clube foi um sonho. Foi um dos meus ídolos, segui sempre os passos dele, mas nada dura para sempre. Para mim foi ótimo, foi bom enquanto durou. Ele tomou outra decisão para a sua vida e carreira, há que respeitar. Só nos sabemos as decisões que têm de ser tomadas para o bem da nossa família”, argumentou.

Para Bruno, tudo o que foi dito sobre de Ronaldo “não tão teve impacto nenhum” na seleção lusa, que está apenas concentrada no torneio que vai decorrer no Médio Oriente até 18 de dezembro.

“Essas questões mexem com os jogadores em questão, não com o resto. Não acho que fosse uma grande preocupação para ele. O foco sempre esteve no Mundial, independentemente dele. O Cristiano no Mundo do futebol é que faz mais barulho”, concluiu.

Portugal e Gana jogam na quinta-feira, às 19:00 locais (16:00 em Lisboa), no Estádio 974, em Doha, para a primeira jornada do Grupo H do Campeonato do Mundo.

Seguir-se-ão os confrontos com o Uruguai, em 28 de novembro, às 22:00 locais (19:00), e a Coreia do Sul, de Paulo Bento, em 02 de dezembro, pelas 18:00 (15:00).

A 22.ª edição do Campeonato do Mundo decorre até 18 de dezembro, no Qatar.

Artigo anteriorA41 cortada na Feira no sentido Espinho-Ermida devido a colisão que fez um morto
Próximo artigoUm morto e 15 feridos após duas explosões em Jerusalém

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui