Início Futebol Mundial 2022 Mundial2022: Fernando Santos deve recorrer ao ‘núcleo duro’ e ‘evitar’ surpresas

Mundial2022: Fernando Santos deve recorrer ao ‘núcleo duro’ e ‘evitar’ surpresas

64
0
Portugal head coach Fernando Santos during the training session prior to tomorrows match against Spain for the UEFA Nations League, Sparta Prague Stadium, Prague Czech Republic. 25 of September 2022. MIGUEL A. LOPES/LUSA

O selecionador português de futebol, Fernando Santos, divulga na quinta-feira os 26 jogadores eleitos para a fase final do Mundial2022, numa lista que deverá ter poucas surpresas, mas que já tem ausências de peso certas.

Precisamente duas semanas antes da estreia no Grupo H, agendada para 24 de novembro, com o Gana, o técnico dará a conhecer, na Cidade do Futebol, em Oeiras, os nomes que vão envergar as cores lusas no Qatar.

Fora do lote estarão Diogo Jota, que seria um potencial titular, e Pedro Neto, ambos lesionados, mas também Rafa, que há dois meses renunciou à seleção nacional. O avançado do Benfica tem estado em clara evidência nos ‘encarnados’, o que levou o próprio Fernando Santos a dizer recentemente que, se o jogador quisesse “conversar”, o técnico perguntar-lhe-ia “horas e local”.

Publicidade

Entre as 26 opções – que sairão de uma lista de 55 pré-convocados que foi divulgada na comunicação social portuguesa e nunca não foi desmentida pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) –, alguns elementos parecem ter ‘bilhete’ certo para um Campeonato do Mundo atípico, por, pela primeira vez na história, ser disputado a meio de uma temporada europeia.

Entre os guarda-redes, Diogo Costa e Rui Patrício são intocáveis para Fernando Santos, restando saber qual será o terceiro escolhido, entre Anthony Lopes, José Sá e Rui Silva, sendo que o guardião do Wolverhampton integrou a última convocatória, para a Liga das Nações, em setembro.

A defesa será, porventura, o setor em que o selecionador terá maiores certezas, com a inclusão dos laterais Diogo Dalot, João Cancelo, Nuno Mendes e Raphaël Guerreiro, e dos centrais Rúben Dias, Pepe e Danilo, aos quais se deverá juntar o estreante António Silva (19 anos), que, caso seja chamado, nem será propriamente uma surpresa, tendo em conta o arranque de época que tem feito ao serviço do Benfica.

Contudo, Santos poderá, eventualmente, optar por chamar mais um lateral direito e abdicar de um homem de meio-campo, tendo em conta que Dalot e Cancelo também atuam do lado esquerdo, e Danilo é médio de origem, embora venha atuando no eixo defensivo na seleção e no Paris Saint-Germain. Neste particular, o central Tiago Djaló poderá ser uma opção igualmente válida, face à possibilidade de jogar também como lateral direito.

As principais dúvidas podem surgir na composição do meio-campo, ou seja em que acompanhará os quase certos William Carvalho, Rúben Neves, Palhinha, João Mário, Vitinha, Bruno Fernandes e Bernardo Silva, ainda que este último possa ser visto como uma opção de linha.

Renato Sanches, Matheus Nunes, João Moutinho e Otávio vão lutar pelas restantes vagas, cabendo a Fernando Santos decidir se prefere contar com a progressão com bola dos dois primeiros ou com a experiência e regularidade do jogador do Wolverhampton, que esteve ausente da última lista.

No ataque, Cristiano Ronaldo, Rafael Leão e João Félix já terão ‘assentos’ marcados no avião para o Qatar, no qual também deverão seguir Gonçalo Ramos, Gonçalo Guedes e Ricardo Horta, que levam aparente vantagem sobre André Silva, Paulinho, Pedro Gonçalves, Jota, Trincão, Daniel Podence ou Beto.

Portugal na próxima segunda-feira a preparação para o Mundial2022, a qual inclui um jogo de preparação com a Nigéria, de José Peseiro, em 17 de novembro, no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

No dia seguinte, a comitiva lusa viaja para o Qatar, tendo estreia marcada no Grupo H para dia 24 de novembro, diante do Gana, antes de defrontar Uruguai, em 28, e a Coreia do Sul, de Paulo Bento, em 02 de dezembro.

Possível lista dos 26 jogadores convocados para o Mundial2022:

– Guarda-redes: Diogo Costa (FC Porto), Rui Patrício (Roma, Ita) e José Sá (Wolverhampton, Ing).

– Defesas: João Cancelo (Manchester City, Ing), Diogo Dalot (Manchester United, Ing), Pepe (FC Porto), Rúben Dias (Manchester City, Ing), Danilo (Paris Saint-Germain, Fra), António Silva (Benfica), Nuno Mendes (Paris Saint-Germain, Fra) e Raphaël Guerreiro (Borussia Dortmund, Ale).

– Médios: William Carvalho (Betis, Esp), Rúben Neves (Wolverhampton, Ing), Palhinha (Fulham, Ing), Bernardo Silva (Manchester City, Ing), João Mário (Benfica), Vitinha (Paris Saint-Germain, Fra), Bruno Fernandes (Manchester United (Ing), Renato Sanches (Paris Saint-Germain, Fra) e Otávio (FC Porto).

– Avançados: Cristiano Ronaldo (Manchester United, Ing), João Félix (Atlético de Madrid, Esp), Rafael Leão (AC Milan, Ita), Gonçalo Ramos (Benfica), Gonçalo Guedes (Wolverhampton, Ing) e Ricardo Horta (Sporting de Braga).

Artigo anteriorPortugal inicia Mundial de hóquei em patins com vitória sobre a França
Próximo artigoFC Porto prossegue defesa da Taça de Portugal em Mafra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui