Início Futebol Taça da Liga Moreirense vence Estrela e ascende à liderança do Grupo C da Taça...

Moreirense vence Estrela e ascende à liderança do Grupo C da Taça da Liga

47
0

O Moreirense subiu hoje à liderança do Grupo C da Taça da Liga de futebol, após receber e vencer o Estrela da Amadora, por 4-2, em partida da segunda jornada, marcada pela postura aberta das equipas.

Os golos de Alan, aos 69 minutos, e de Kodisang, aos 83, ‘selaram’ o triunfo ‘cónego’ nos 30 minutos finais, marcado ainda pelas expulsões de Feratovic (72) e de Luís Rocha (90+6), depois de uma primeira hora repartida em ocasiões e golos, de Gonçalo Franco (32, de penálti) e de Fábio Pacheco (45) para os anfitriões e de Diogo Salomão (27) e de Règis (49), para o Estrela.

A equipa da vila de Moreira de Cónegos vai decidir a passagem aos quartos de final na receção ao Benfica, marcada para 17 de dezembro, e precisa de pelo menos um empate para seguir em frente, uma vez que contabiliza seis pontos, com seis golos marcados e três sofridos, ao passo que as ‘águias’ têm os mesmos pontos, mas cinco golos marcados e dois sofridos.

Publicidade

Vimaranenses e amadorenses jogaram quase sempre de ‘olhos’ no ataque, o que valeu um duelo com espaços e ocasiões de golo junto às duas balizas, a começar por Diogo Salomão, extremo que ameaçou o golo aos nove e que marcou aos 27, num remate em posição frontal.

Os anfitriões responderam seis minutos depois, num penálti convertido por Gonçalo Franco, a punir rasteira de Rui Correia a Camacho, ex-colegas no Nacional, e ‘viraram’ o resultado em cima do intervalo, graças ao remate ‘seco’ de Fábio Pacheco no limite da área, que bateu Bruno Brígido, após insistência ofensiva dos ‘cónegos’.

A equipa treinada por Sérgio Vieira apareceu na segunda parte disposta a lutar pelo resultado e repôs a igualdade com quatro minutos decorridos na segunda parte, com Règis a isolar-se e a desviar a bola do alcance de Pasinato.

O jogo continuou nivelado após a ‘dança’ das substituições, mas a formação treinada por Paulo Alves foi mais ‘esclarecida’ nas incursões à área e desfez a igualdade num remate de fora da área de Alan, ao ângulo inferior esquerdo, antes de cimentar a vantagem por Kodisang.

Jogo no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos.

Moreirense – Estrela da Amadora, 4-2.

Ao intervalo: 2-1.

Marcadores:

0-1, Diogo Salomão, 27 minutos.

1-1, Gonçalo Franco, 32 (grande penalidade).

2-1, Fábio Pacheco, 45.

2-2, Règis, 49.

3-2, Alan, 69.

4-2, Kodisang, 83.

Equipas:

– Moreirense: Pasinato, Victor García, Luís Rocha, Lucas Freitas, Pedro Amador, Fábio Pacheco (Sori Mané, 77), Alan (Aparício, 77), Gonçalo Franco, Madson Monteiro (Kodisang, 15), Camacho (Walterson, 64) e Steven Petkov (André Luís, 64).

(Suplentes: Kewin Silva, Hugo Gomes, Frimpong, Sori Mané, Aparício, Kodisang, Walterson, Platiny e André Luís).

Treinador: Paulo Alves.

– Estrela da Amadora: Bruno Brígido, Lucão, Rui Correia (Feratovic, 59), Erivaldo Almeida, Hevertton (Jean Felipe, 77), Aloísio, Latyr Fall (Guzmán, 59), Shinga, Règis (Ronald, 72), Diogo Salomão (Gustavo Henrique, 71) e Ronaldo Tavares.

(Suplentes: Wagner, Jean Felipe, Omurwa, Feratovic, João Reis, Guzmán, Ronald, Gustavo Henrique e João Silva).

Treinador: Sérgio Vieira.

Árbitro: Anzhony Rodrigues (Associação de Futebol da Madeira).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Luís Rocha (33 e 90+6), Règis (54), Feratovic (66 e 72), Gonçalo Franco (90+3) e Sori Mané (90+7). Cartão vermelho por acumulação de cartões amarelos para Feratovic (72) e Luís Rocha (90+6).

Assistência: 786 espetadores.

Artigo anteriorMundial2022: “Cavani e Suárez estão mais velhos, mas têm enorme qualidade” – Fernando Santos
Próximo artigoMundial2022: Espanha e Alemanha empatam no jogo ‘grande’ da fase de grupos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui