Início Desporto Futebol Manchester United vai “considerar resposta” após entrevista de Cristiano Ronaldo

Manchester United vai “considerar resposta” após entrevista de Cristiano Ronaldo

60
0

O Manchester United disse hoje que vai “considerar uma resposta” à entrevista do internacional português Cristiano Ronaldo, que afirmou numa entrevista sentir-se “traído” pelo emblema de futebol inglês.

“O Manchester United nota a cobertura mediática em torno de uma entrevista de Cristiano Ronaldo. O clube vai considerar uma resposta depois de todos os factos estarem apurados”, pode ler-se numa curta nota publicada hoje no sítio ‘online’ dos ‘red devils’.

Segundo aquele emblema, em que também jogam os portugueses Bruno Fernandes e Diogo Dalot, “o foco segue em preparar a segunda metade da temporada e continuar a crença, forma e química a ser construída entre jogadores, treinador, ‘staff’ e adeptos”.

Publicidade

“Não sei se devia dizer isto, mas não me importa. As pessoas deviam ouvir a verdade: sim, senti-me traído, e senti que algumas pessoas não me queriam cá não só esta época, mas também na última”, declarou o avançado, num avanço de uma entrevista televisiva que será transmitida na televisão inglesa na quarta-feira.

Segundo o avançado de 37 anos, “não é só o treinador”, Erik ten Hag, a não querer o jogador no plantel, mas também “dois ou três no clube”, clarificando, depois, que se referia a administradores, reforçando que se sentiu “traído”.

O avançado ficou de fora dos últimos três jogos dos ‘red devils’, e agora prepara-se para embarcar para o Qatar com a seleção portuguesa, que ‘capitaneia’, para o Mundial2022.

Ao todo, soma esta época 16 jogos e três golos pelo clube inglês, depois de em 2021/22, época de regresso a Manchester, ter conseguido 24 golos em 38 encontros.

Na longa entrevista, declarou não ter respeito pelo treinador, por considerar que este não o respeita.

Esta tem sido uma época ‘problemática’ para o ‘astro’ madeirense, que regressou ao United, em que jogou primeiro entre 2003 e 2009, após passagens no Real Madrid (2009-2018) e na Juventus (2018-2021), tendo começado a carreira no Sporting.

No verão, a sua possível saída do clube foi o principal tema de discussão do mercado de transferências e, quando não se concretizou, prometeu que daria uma entrevista para esclarecer o assunto.

Desde então, a sua atuação nos relvados tem sido intermitente, entre a titularidade, o banco de suplentes e a ausência dos convocados, como quando foi afastado dos treinos da primeira equipa por abandonar um jogo ainda a decorrer, tendo-se recusado a ser suplente utilizado.

Com 191 jogos pela seleção principal de Portugal, e 117 golos, junta-lhes 145 tentos pelo Manchester United, em 346 partidas, 450 pelo Real Madrid, em ‘apenas’ 438 encontros, e cinco pelo Sporting, em 31 jogos.

Artigo anteriorValença Fortaleza de Chocolate
Próximo artigoProteção Civil alerta população para previsões de chuva que podem causar cheias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui