Início Futebol Mundial 2022 Fernando Santos quer “dar enorme alegria aos portugueses”

Fernando Santos quer “dar enorme alegria aos portugueses”

35
0
Portugal national team coach Fernando Santos attends a press conference ahead of their Fifa World Cup 2022 group H match on 24 November against Ghana, at the Qatar National Convention Center (QNCC) in Doha, Qatar, 23 November 2022. JOSE SENA GOULAO/LUSA

O selecionador Fernando Santos disse hoje que quer dar “uma enorme alegria” aos portugueses e assumiu que Portugal tem “o sonho, a ambição e a capacidade” de erguer o troféu de campeão mundial de futebol, no Qatar.

“Pus uma fasquia a mim mesmo, embora saiba que é difícil. Mas propomo-nos a dar uma enorme alegria aos portugueses. É isso que vamos tentar fazer em cada jogo, com o máximo de intensidade, entrega, paixão e qualidade. O que nos move é dar uma grande alegria aos portugueses”, afirmou o técnico, na antevisão do encontro com o Gana, o primeiro da equipa das ‘quinas’ no Grupo H do Mundial2022, na quinta-feira.

Fernando Santos, que falava em conferência de imprensa no Centro Nacional de Congressos do Qatar, admitiu que “os portugueses podem ficar divididos na hora das convocatórias”, mas realçou que quando a formação lusa iniciar a competição “as praças vão estar cheias e as pessoas em frente às televisões”.

Publicidade

De resto, assumiu claramente que Portugal vai lutar por erguer o troféu no dia 18 de dezembro: “Não há qualquer treinador ou jogador que não tenha o sonho de ser campeão mundial. Nós, temos o sonho, a ambição e a capacidade para poder lutar por isso e vamos fazê-lo. Não somos presunçosos, não sentimos que somos os melhores do mundo, mas temos convicção na qualidade desta equipa e nestes jogadores”.

Por outro lado, o selecionador nacional, de 68 anos, disse que “o primeiro jogo em qualquer competição é sempre o mais importante, porque é o próximo e a vitória traz energias mais positivas”, ainda que tenha lembrado, com algum humor à mistura, o que sucedeu no Euro2016.

“Empatei os três primeiros jogos e ganhei o Campeonato da Europa. Se fosse para repetir, todos nós assinaríamos por baixo, mas sabemos que é um risco muito grande”, referiu, entre sorrisos.

Além de assegurar que o “ambiente na seleção tem sido sempre bom”, Fernando Santos não se escusou a comentar o momento de Cristiano Ronaldo, que deixou o Manchester United na terça-feira, garantindo que o conflito entre o capitão luso e os ‘red devils’ “nem foi comentado” na seleção.

“Acho que toda a gente está muito focada, não foi um assunto falado, nem foi comentado no espaço de lazer, de conjunto entre os jogadores. Ainda hoje estavam 20 jogadores sentados, juntos, e não foi tema, nem assunto. Há um foco total, um espírito fantástico e os jogadores estão convictos do que têm de fazer”, disse, confessando ser um “defensor intransigente dos direitos humanos”.

Portugal e Gana jogam na quinta-feira, às 19:00 locais (16:00 em Lisboa), no Estádio 974, em Doha, em jogo do Grupo H do Mundial2022.

A equipa das ‘quinas’ defrontará, depois, o Uruguai, em 28 de novembro (22:00 locais), e a Coreia do Sul, de Paulo Bento, em 02 de dezembro (18:00).

A 22.ª edição do Campeonato do Mundo decorre até 18 de dezembro, no Qatar.

Artigo anteriorUm morto e 15 feridos após duas explosões em Jerusalém
Próximo artigoAlemães tapam a boca na fotografia antes do jogo com Japão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui