Início Futebol Taça Portugal FC Porto e Benfica ‘marcam encontro’ para a final da Taça de...

FC Porto e Benfica ‘marcam encontro’ para a final da Taça de Portugal

155
0
FC Porto's Galeno (L) in action against Benfica's Antonio Silva during their Portuguese First League soccer match, held at Dragao stadium, in Porto, north of Portugal, 21 October 2022. ESTELA SILVA/LUSA

FC Porto, detentor do troféu, e Benfica, líder da I Liga, só poderão encontrar-se na final da Taça de Portugal de futebol, defrontando nos ‘oitavos’ o primodivisionário Arouca e o Varzim, da Liga 3, respetivamente, ditou hoje o sorteio.

O sorteio dos oitavos de final, ‘quartos’ e meias-finais da edição de 2022/23, realizado na Cidade do Futebol, em Oeiras, foi benevolente para os dois clubes com maior número de títulos conquistados na prova, proporcionando também já na próxima ronda um embate entre Sporting de Braga e Vitória de Guimarães.

O FC Porto, que já ergueu 18 vezes o troféu, a última das quais na época passada (vitória por 3-1 na final sobre o Tondela), recebe o Arouca, cujo melhor resultado na competição se resume a duas presenças nos quartos de final, em 2012/13 e 2015/16.

Publicidade

As duas equipas estão separadas por 10 pontos na I Liga, após a realização de 13 jornadas, com os ‘dragões’ a ocuparem o segundo lugar e os arouquenses o oitavo, e protagonizam um dos dois únicos duelos entre primodivisionários nos ‘oitavos’, a par do embate entre os rivais minhotos.

O Benfica, que ainda não perdeu qualquer jogo nesta temporada, foi, aparentemente, mais afortunado, mas a visita ao Varzim recomenda os maiores cuidados ao líder da I Liga, pois foi lá que o Sporting ‘tombou’ – então em casa emprestada em Barcelos –, ao perder por 1-0 com os poveiros na terceira eliminatória.

O clube lisboeta é o recordista de títulos na prova, com 26 troféus conquistados, apesar de não vencer a designada prova rainha do futebol português desde a época 2016/17, tendo posteriormente atingido por duas vezes a final, perdidas para FC Porto (2-1), em 2019/20, e Sporting de Braga (2-0), em 2020/21.

O Varzim, comandante da Série A da Liga 3 e um clube com história na modalidade, conseguiu chegar por três vezes às meias-finais, tendo visto o sonho de disputar o jogo decisivo desfeito pelos três ‘grandes’: o Sporting, em 1977/78, o Benfica, em 1979/80, e o FC Porto, 1984/85.

Famalicão e Casa Pia, sensacional quinto colocado na I Liga, completam o lote de sete equipas da divisão principal que ainda se mantêm em ação, visitando, respetivamente, Leixões (II Liga), vencedor da prova em 1960/61, e Vitória de Setúbal, que ergueu o cetro em 1964/65, 966/67 e 2004/05, mas disputa agora a Liga 3.

As duas equipas ‘sobreviventes’ do Campeonato de Portugal, o quarto escalão nacional, medem forças com adversários da II Liga, com o Rabo de Peixe a visitar o Nacional e o Beira-Mar, vencedor da Taça em 1998/99, a deslocar-se ao reduto do Académico de Vise, enquanto o Vilaverdense (Liga 3) recebe a BSAD (II Liga).

Caso confirmem o favoritismo e ultrapassem os oitavos de final, a disputar entre 10 e 12 de janeiro de 2023, FC Porto e Benfica deslocam-se nos ‘quartos’ aos estádios dos vencedores dos jogos entre Académico de Viseu e Beira-Mar e entre Sporting de Braga e Vitória de Guimarães, respetivamente.

Se voltarem a impor-se nessa fase, cujos encontros estão agendados para o período entre 07 e 09 de fevereiro, os dois principais candidatos ao título também não se poderão encontrar nas meias-finais, em 27 a 27 de abril (primeira mão) e 02 a 04 de maio (segunda), e só medirão forças na final, em 04 de junho, se conseguirem lá chegar.

Artigo anteriorProveitos do turismo aumentam 70,3% em setembro face a 2021 e superam 2019 – INE
Próximo artigoSeleção feminina de futebol de sub-23 perde em particular com a Suécia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui