Início Futebol Taça da Liga Boavista reforça liderança do Grupo F da Taça da Liga ao bater...

Boavista reforça liderança do Grupo F da Taça da Liga ao bater Vilafranquense

40
0
O jogador do Boavista FC Ricardo Mangas (2-E) disputa a bola com o jogador do UD Vilafranquense Leandro Tipote (E), durante o jogo da 2.ª jornada da fase de grupos da Taça da Liga, Boavista FC vs UD Vilafranquense, realizado no Estádio do Bessa, no Porto, 27 de novembro de 2022. MANUEL FERNANDO ARAÚJO/LUSA

Um golo solitário do futebolista Yusupha permitiu ao primodivisionário Boavista superiorizar-se em casa ao ‘secundário’ Vilafranquense, por 1-0, na segunda ronda do Grupo F, aproximando-se dos quartos de final da Taça da Liga.

No Estádio do Bessa, no Porto, o internacional gambiano ‘saltou’ do banco de suplentes para marcar, aos 79 minutos, e assegurar o segundo êxito do 11.º classificado da I Liga, que afasta desde já o quinto da II Liga da prova mais jovem do futebol profissional luso.

O Boavista, semifinalista em 2021/22, reforçou a liderança do Grupo F, com seis pontos, mais cinco do que o Vilafranquense e o primodivisionário Vitória de Guimarães, que vai receber na quinta-feira o ‘secundário’ BSAD, quarto e último, ainda sem qualquer ponto.

Publicidade

Em caso de empate ou derrota dos vimaranenses, que visitam o Bessa na conclusão da primeira fase, em 12 de dezembro, as ‘panteras’ garantem de forma antecipada uma das vagas de acesso aos ‘quartos’ da Taça da Liga, agendados de 20 a 23 do próximo mês.

Um par de ‘pontapés’ madrugadores de Bernardo Martins e Luís Silva à figura de Rafael Bracali sinalizou uma entrada atrevida dos ribatejanos, que seria rapidamente dissipada pelos anfitriões, resvalando a partida para uma tendência de equilíbrio no meio-campo.

Depois de ter controlado um cabeceamento de Róbert Bozeník perto do quarto de hora, Pedro Trigueira voltou à ação em dose dupla instantes antes do intervalo, ao esticar-se para afastar ‘tiros’ de Ricardo Mangas, aos 42 minutos, e do dianteiro eslovaco, aos 44.

O defesa canhoto introduziu mesmo a bola na baliza do Vilafranquense, aos 55 minutos, mas seria apanhado em posição ilegal no início da jogada, com o Boavista a rarear em ocasiões para acentuar esse crescimento territorial.

Se a equipa de Rui Borges quase capitalizou um lance caricato de Bracali, cuja tentativa de antecipação a Edson Farias esbarrou em Reggie Cannon e poderia ter terminado em autogolo, aos 74 minutos, Petit foi recompensado logo na primeira substituição efetuada.

Chamado para o lugar de Salvador Agra, aos 77, Yusupha precisou de dois minutos para finalizar ao seu primeiro toque na bola um cruzamento na direita de Ibrahima Camará e ‘selar’ o êxito, que Nené ainda ameaçou num cabeceamento em tempo de compensação.

Jogo no Estádio do Bessa, no Porto.

Boavista – Vilafranquense, 1-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcador:

1-0, Yusupha, 79 minutos.

Equipas:

– Boavista: Rafael Bracali, Pedro Malheiro, Reggie Cannon, Rodrigo Abascal, Bruno Onyemaechi, Salvador Agra (Yusupha, 77), Sebastián Pérez (Joel Silva, 90+4), Ibrahima Camará (Gaius Makouta, 86), Ricardo Mangas, Bruno Lourenço (Luís Santos, 90+4) e Róbert Bozeník (Miguel Reisinho, 86).

(Suplentes: João Gonçalves, Robson Reis, Miguel Reisinho, Yusupha, Masaki Watai, Joel Silva, Gaius Makouta, Luís Santos e Bernardo Silva).

Treinador: Petit.

– Vilafranquense: Pedro Trigueira, Léo Alaba, Anthony Correia, Gabriel Pereira, Eric Veiga, André Ceitil, Idrissa Dioh (João Mário, 84), Luís Silva (André Sousa, 72), Leandro Tipote (Edson Farias, 58), Bernardo Martins (Umaro Baldé, 84) e Balla Sangaré (Nené, 73).

(Suplentes: Fábio Duarte, Edson Farias, João Mário, Easah Suliman, Umaro Baldé, Nené, Ricardo Dias, André Sousa e Sílvio).

Treinador: Rui Borges.

Árbitro: Manuel Mota (AF Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Luís Silva (24), Léo Alaba (28), Reggie Cannon (32), Leandro Tipote (36), Sebastián Pérez (37), Gabriel Pereira (55) e Ibrahima Camará (85).

Assistência: 1.215 espetadores.

Artigo anteriorMundial2022: Espanha e Alemanha empatam no jogo ‘grande’ da fase de grupos
Próximo artigoMundial2022: Portugal defronta Uruguai com os oitavos de final em vista

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui