Início Futebol Taça Portugal Roger Schmidt diz que Taça de Portugal é difícil de ganhar e...

Roger Schmidt diz que Taça de Portugal é difícil de ganhar e pede atitude séria

105
0
Foto: Tânia Paulo / SL Benfica

O treinador do Benfica, Roger Schmidt, disse hoje que a Taça de Portugal de futebol é uma competição “muito difícil de ganhar” e que, por isso, é preciso ter uma atitude séria desde o primeiro encontro.

Na antevisão ao encontro da terceira eliminatória, frente ao Caldas, da Liga 3, o técnico alemão lembrou que, especialmente nas primeiras eliminatórias, “é preciso estar lá, focado e jogar bom futebol” para superar os obstáculos e recusou a ideia de que a Taça de Portugal seja a prova mais fácil do calendário.

“Se virmos as estatísticas, é talvez o título mais difícil, porque nos últimos 25 anos o Benfica ganhou a Taça apenas três vezes. Isso significa que é muito difícil ganhar esta competição”, advertiu Roger Schmidt, em conferência de imprensa, no Seixal.

Publicidade

Ainda assim, o técnico assumiu que gosta muito do formato competitivo da prova e assumiu que a Taça de Portugal é um objetivo “muito importante” para si e para o Benfica, pois “jogar a final é sempre um dia muito especial”.

“É diferente da I Liga. Se atingires a final da Taça e ganhares é um dia fantástico, com muitas emoções. É por isso que temos a ambição de amanhã [no sábado] mostrar a atitude certa, fazer um bom primeiro jogo na Taça e ganhar”, assumiu o alemão.

Sobre o Caldas, Schmidt garantiu que foi analisado “tal como o PSG [Paris Saint-Germain]” e que, por isso, os ‘encarnados’ sabem “como jogam e tudo o que precisam sobre a equipa”.

Quanto à sua própria equipa, recusou adiantar o ‘onze’, mas admitiu que o lateral direito André Almeida, que ainda não jogou qualquer minuto nesta temporada, “é uma opção” para defrontar o Caldas, assim como o defesa central João Vítor, que está “completamente recuperado” e constitui “uma opção para amanhã [sábado] e para as próximas semanas”.

“Contra o Rio Ave mudámos quatro ou cinco jogadores e jogámos bom futebol. Talvez mudemos também alguns jogadores amanhã [sábado] e, ainda assim, espero que joguemos a um bom nível”, admitiu Schmidt.

O Benfica visita o Caldas em encontro da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, com início marcado para sábado, às 20:45, no Campo da Mata, nas Caldas da Rainha, e arbitragem de Cláudio Pereira (AF Aveiro).

Os ‘encarnados’, que não vencem a Taça de Portugal desde 2017, estreiam-se na competição na presente temporada, enquanto o Caldas, da Liga 3, protagonizou uma das surpresas da segunda eliminatória, ao derrotar o Sporting da Covilhã, da II Liga, por 3-0.

O Benfica lidera a I Liga, com 25 pontos, após nove jornadas, sem ter perdido qualquer um dos 17 jogos desta temporada, enquanto o emblema das Caldas da Rainha segue no segundo lugar da Série B da Liga 3, com nove pontos, também sem qualquer derrota nos seis jogos já disputados esta época – cinco para o campeonato e um para a Taça.

Artigo anteriorTurismo com novos máximos em hóspedes, dormidas e rendimento médio por quarto em agosto
Próximo artigoPelo menos 14 mortos e 28 feridos em explosão numa mina de carvão na Turquia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui