Início Política Lula da Silva diz que Brasil definirá modelo de país que deseja

Lula da Silva diz que Brasil definirá modelo de país que deseja

58
0

O ex-presidente e candidato, Luiz Inácio Lula da Silva, votou em São Bernando do Campo e disse que o povo decidirá hoje, nas eleições presidenciais que podem definir seu retorno ao poder, o modelo de Brasil que deseja.

“Hoje, possivelmente, seja o dia 30 de outubro mais importante da minha vida e acho que é um dia muito importante para o povo brasileiro, por que hoje o povo vai definir o modelo de Brasil que deseja, o modelo de vida que quer”, declarou aos jornalistas depois de votar acompanhado do candidato a vice-presidente, Geraldo Alckmin, do candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) ao governo de São Paulo, Fernando Haddad, e da deputada federal eleita Marina Silva.

O candidato do PT chegou na sua zona eleitoral por volta das 09:00 locais (cerca das 12:00 horas em Lisboa) em São Bernando do Campo e, depois de votar, beijou o comprovativo, repetindo o gesto da primeira volta das eleições.

Publicidade

Lula da Silva enfrenta o Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, que tenta a reeleição, numa das campanhas eleitorais mais tensas da história do país desde a redemocratização.

O ex-presidente demonstrou confiança e fez um discurso de pacificação ao falar, manifestando ter fé que os eleitores vão escolher um projeto que defende a democracia.

“As pessoas vão voltar a viver com cidadania e toda a decência que a cidadania deve ter (…) Peço a Deus que seja um dia de paz, um dia tranquilo para que as pessoas votem com tranquilidade e no final esperamos que possamos respeitar o resultado final”, afirmou.

Bolsonaro, adversário do ‘petista’ votou antes dele, na Vila Militar do Rio de Janeiro, pontualmente às 08:00 horas da manhã (11:00 horas em Lisboa), no início da votação.

Na primeira volta das eleições realizadas em 02 de outubro, Lula da Silva venceu com 48,4% dos votos e Jair Bolsonaro acabou com 43,2%.

Em causa nestas eleições estão duas personalidades antagónicas que dividiram o país em dois numa polarização nunca antes vista na sociedade brasileira.

Os mais de 156 milhões de eleitores poderão votar até às 17:00 de Brasília (20:00 em Lisboa) nas mais de 570 mil urnas eletrónicas espalhadas por 5.570 cidades do país.

Artigo anteriorBolsonaro com expetativa de vitória após votar no Rio de Janeiro
Próximo artigoSporting inicia sem Paulinho a preparação do jogo com o Eintracht Frankfurt

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui