Início Futebol Liga dos Campeões LC: Rúben Amorim diz que Sporting aprendeu com os erros e apela...

LC: Rúben Amorim diz que Sporting aprendeu com os erros e apela à concentração

86
0
Sporting's head coach Ruben Amorim attends a press conference at Alvalade Stadium in Lisbon, Portugal, 11 October 2022. Sporting will face Olympique Marseille in their UEFA Champions League Group D soccer match on 12th October 2022 at Alvalade Stadium. ANTONIO PEDRO SANTOS/LUSA

O treinador Rúben Amorim afirmou hoje que o Sporting aprendeu com os erros e apela à concentração para vencer os franceses do Marselha, na quarta jornada do Grupo D da Liga dos Campeões de futebol.

“Os nossos jogadores têm bastante talento, aprendemos bastante com os erros em Marselha e nos Açores. Quando nos relaxamos na Liga dos Campeões, o jogo pode acabar em nove minutos, que foi o que aconteceu em Marselha. Estamos sempre a aprender e a segunda parte com o Santa Clara ajudou-nos a perceber que temos de estar no máximo em qualquer jogo”, disse, em conferência de imprensa de antevisão.

No auditório do Estádio José Alvalade, em Lisboa, Rúben Amorim lembrou que o rival nesta partida tem uma “grande equipa e reforçou-se muito”, ocupando atualmente os lugares cimeiros do campeonato francês, que, em Marselha, venceu os ‘leões’ por 4-1.

Publicidade

“Estamos na luta e queremos fazer três pontos. Considero que entrámos bem [no jogo de Marselha] e as sensações que ficaram, de 11 para 11, foram que estivemos sempre perigosos. Isso ficou na cabeça dos jogadores. É bom que fique alguma coisa desse jogo. Não podemos estar desconcentrados, vamos defrontar uma grande equipa, mas que somos capazes de vencer o Marselha, isso não tenho dúvidas”, assegurou o treinador.

O apoio dos adeptos da turma ‘verde e branca’ “é um grande sinal para a equipa”, pois Rúben Amorim realçou que, mesmo tendo estado a 11 pontos do líder na I Liga, não se recorda de “haver tanta calma no clube”, esperando um “estádio cheio, com barulho”.

“A ideia foi sempre jogar como equipa grande. Nunca quisemos jogar mais recuado e não mudará. Por vezes é falta de concentração, outras vezes é infelicidade. Queremos ser dominadores e ter bola. Se não conseguimos, é porque alguém nos obrigou a jogar mais atrás. Temos de ser mais fortes nos duelos. Temos de crescer enquanto equipa e manter a ideia de equipa grande em qualquer jogo”, explicou o treinador, de 37 anos.

A equipa lisboeta lidera o Grupo D, com seis pontos, tendo os ingleses do Tottenham e os alemães do Eintracht Frankfurt como perseguidores, com quatro, e o Marselha em último, com três pontos totalizados, pontuações que mostram o “equilíbrio no grupo”.

“Vai ser apenas na última jornada que se vai decidir tudo. É aproveitar cada minuto da competição, pois não sabemos se ficamos por aqui ou se avançamos. O nosso objetivo é passar a fase de grupos, mas sabemos que todas as equipas têm qualidade”, afirmou.

O central neerlandês St. Juste e o avançado cabo-verdiano Jovane Cabral são ausências confirmadas para esta partida, juntando-se ao guarda-redes espanhol Adán, castigado, que será rendido na baliza pelo uruguaio Franco Israel, que fez a estreia em Marselha.

“Não é tão experiente como o Adán, tem menos ritmo de jogo, mas tem de começar a ter. Não vai mudar nada. Mais do que estarmos preocupados, estamos entusiasmados. Chegou o momento dele e estará preparado”, garantiu o técnico do conjunto ‘leonino’.

O líder Sporting recebe os franceses do Marselha, últimos do agrupamento, na quarta-feira, às 20:00, em encontro da quarta jornada do Grupo D da Liga dos Campeões, no Estádio José Alvalade, em Lisboa, com arbitragem do espanhol Alejandro Hernández.

Artigo anteriorPortugal bate Islândia e continua na corrida ao Mundial feminino de 2023
Próximo artigoLC: Ugarte considera que Sporting tem de ser “mais rigoroso nos detalhes” 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui