Início Comunidades Comunidade portuguesa celebra 200 anos do Consulado-Geral de Portugal em Boston

Comunidade portuguesa celebra 200 anos do Consulado-Geral de Portugal em Boston

59
0

Os 200 anos do Consulado-Geral de Portugal em Boston serão celebrados em 31 de outubro com um almoço comemorativo que juntará a comunidade portuguesa naquela região norte-americana e o embaixador português em Washington, Francisco Duarte Lopes.

Segundo o cônsul-geral de Portugal em Boston, Tiago Araújo, trata-se de “uma comemoração importante, uma vez que reflete a relevância da região para as relações entre Portugal e os Estados Unidos ao longo dos tempos e, em particular, da extensa comunidade portuguesa que aqui chegou em diferentes vagas”.

Em declarações à Lusa, o diplomata salientou que a presença portuguesa em Boston afirma-se hoje em todas as áreas da sociedade e da economia daquela região, pelo que a celebração da efeméride servirá também para comemorar esse sucesso.

Publicidade

A decisão de criar o Consulado-Geral de Portugal em Boston foi tomada em maio de 1822 e o primeiro cônsul-geral chegou àquela que é a capital e a maior cidade do estado de Massachusetts em 31 de outubro de 1822.

Desde então, a presença consular em Boston foi tendo diferentes configurações e estatutos, adaptados às condições de cada época, “mas esse primeiro momento representou um reconhecimento da importância de Boston no contexto global do relacionamento entre Portugal e os Estados Unidos, um país então com apenas algumas décadas de independência”, explicou Tiago Araújo.

A antiga presença consular em Boston justifica-se pela chegada à região de um grande número de portugueses, em vagas sucessivas.

Os padrões de emigração portuguesa foram acompanhando as características do desenvolvimento económico e social de Massachusetts.

E se nos séculos XIX e XX muitos portugueses foram atraídos pelos empregos disponíveis na pesca ou na indústria, atualmente chegam à região para realizar investigação e trabalhar no ambiente inovador oferecido por algumas das universidades, centros de investigação e empresas mais conceituadas do país, em particular nas áreas da biotecnologia e ciências.

“Uma emigração antiga, que se foi renovando ao longo das décadas. No presente, temos algumas centenas de milhares de portugueses e lusodescendentes na área de jurisdição de Boston”, detalhou o diplomata português.

“Como capital de um estado da vertente atlântica dos Estados Unidos, as ligações de Boston a Portugal não podiam deixar de ser fortes. No presente, há interesse em que essas ligações contribuam para uma parceria na renovação de uma visão atlântica que englobe uma cooperação mais estreita na economia, na inovação, na ciência e tecnologia, nas transições digital e energética e no combate às alterações climáticas”, assinalou o cônsul.

Os 200 anos do Consulado-Geral em Boston serão celebrados no final do mês com um almoço que juntará a comunidade portuguesa da região e o embaixador de Portugal em Washington, Francisco Duarte Lopes.

O embaixador será recebido por membros do ‘caucus’ legislativo luso-americano de Massachusetts (‘Portuguese American Legislative Caucus’) e fará uma breve visita a uma escola em Cambridge com um programa de ensino integrado de Português.

Mais tarde, o embaixador visitará ainda uma exposição com edições raras de Os Lusíadas na Universidade de Harvard, organizada no contexto da comemoração dos 450 anos da sua publicação.

“Os 200 anos serão, acima de tudo, uma celebração do sucesso da nossa comunidade, pela forma como se integrou e está presente hoje em todos os setores da sociedade e da economia da região, incluindo dos setores mais dinâmicos e inovadores”, concluiu Tiago Araújo.

Artigo anteriorLE: Arsenal, com Fábio Vieira no ‘onze’, vence PSV e lidera Grupo A
Próximo artigoMau tempo: Mais de 260 ocorrências registadas hoje no continente devido a chuva e vento

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui