Início Futebol Taça Portugal Caldas SC elimina Sporting da Covilhã da Taça de Portugal

Caldas SC elimina Sporting da Covilhã da Taça de Portugal

80
0

O Caldas, da Liga 3, venceu hoje o Sporting da Covilhã, da II Liga, por 3-0, em jogo da segunda eliminatória da Taça de Portugal, disputado no Campo da Mata, nas Caldas da Rainha.

Aos 13 minutos, João Silva inaugurou o marcador para a equipa das Caldas da Rainha, na conversão de um livre direto, sendo que, já aos 87, o recém-entrado Marcelo Marquês aumentou a vantagem, com o extremo a marcar novamente já no período de compensação.

O Caldas adiantou-se no marcador aos 13 minutos, por intermédio de João Silva. O defesa bateu de forma exímia um livre à entrada da área, tendo a bola ainda batido na barra da baliza antes de entrar.

Publicidade

Aos 26 minutos, João Rodrigues esteve perto de dilatar a vantagem, mas o remate à entrada da área saiu ligeiramente por cima da baliza defendida por Vítor São Bento. Pouco depois, Henrique Henriques viu o seu remate passar perto do poste.

Na etapa complementar, o Sporting da Covilhã aproximou-se da área do Caldas, mas foi a equipa da casa a criar perigo novamente. Aos 57 minutos, João Silva esteve muito perto de ‘bisar’, através de um remate rasteiro que levou muito perigo.

Aos 71 minutos, foi novamente o inconformado João Silva a tentar o golo e, desta vez, apenas o poste esquerdo da baliza do Sporting da Covilhã travou a investida do defesa esquerdo.

Wilson Soares protagonizou, depois, aos 83 minutos, uma grande defesa, em resposta a um remate de Dudu, e acabaria mesmo por ser o Caldas a conseguir marcar.

Na primeira vez que tocou na bola, o recém-entrado Marcelo Marquês surgiu oportuno ao segundo poste, para dar o melhor destino a um canto à esquerda do ataque caldense, aos 86 minutos.

O extremo voltaria a faturar, já em tempo de compensação, aos 90+3 minutos, aproveitando alguma desconcentração dos visitantes para rematar colocado a um cruzamento atrasado de Nuno Januário.

Jogo no Campo da Mata, nas Caldas da Rainha.

Caldas – Sporting da Covilhã, 3-0.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, João Silva, 13 minutos.

2-0, Marcelo Marquês, 86.

3-0, Marcelo Marquês, 90+3.

Equipas:

– Caldas: Wilson Soares, Nuno Januário, Thomas Militão, André Sousa, João Silva (Luís Farinha, 86), Yordy Marcelo, Miguel Rebelo (Rafael Roque, 76), Leandro Borges, André Perre (Marcelo Marquês, 86), Henrique Henriques (Gonçalo Barreiras, 70) e João Rodrigues.

(Suplentes: Luís Lopes, André Simões, Tuga, Marcelo Marquês, Gonçalo Barreiras, Paulo Inácio, Luís Farinha, Chiquinho e Rafael Roque).

Treinador: José Vala.

– Sporting da Covilhã: Vítor São Bento, Diogo Rodrigues (Fabrice Tamba, 80), Adams, Jaime Simões, Jorginho (Perea, 69), N’Diaye, Nuno Rodrigues (Dudu, 80), Gilberto da Silva, Aponza, Guilherme Beléa (Zé Tiago, 69) e Gildo.

(Suplentes: Bruno, Pedro Casagrande, Sena Yang, Quintero, Juan Perea, Zé Tiago, Fabrice Tamba e Dudu).

Treinador: Leonel Pontes.

Árbitro: Bruno Vieira (AF Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Thomas Militão (53), Leandro Borges (60), André Perre (65), N’Diaye (71), João Rodrigues (73), Rafael Roque (81) e Zé Tiago (81).

Assistência: Cerca de 1.500 espetadores.

Artigo anteriorMarco Cecchinato sagra-se campeão do Lisboa Belém Open
Próximo artigoPaços de Ferreira e Arouca empatam a um golo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui