Início Política Brasil/Eleições: “Tentaram enterrar-me vivo”, mas “estou aqui para governar o país” –...

Brasil/Eleições: “Tentaram enterrar-me vivo”, mas “estou aqui para governar o país” – Lula

79
0

O Presidente eleito do Brasil, Lula da Silva, afirmou domingo à noite que o povo brasileiro é “o grande vencedor” das eleições e declarou-se pronto para governar o país “numa situação muito difícil”, após terem tentado enterrá-lo “vivo”.

“Hoje chegamos ao final de uma das eleições mais importantes. Hoje tem um único e grande vencedor, o povo brasileiro”, declarou Luiz Inácio Lula da Silva, na sua sede de candidatura, em São Paulo.

Nas suas primeiras palavras após a confirmação da sua eleição como Presidente da República do Brasil, Lula da Silva afirmou-se como “um cidadão que teve um processo de ressurreição na política brasileira”.

Publicidade

“Tentaram enterrar-me vivo e eu estou aqui”, disse, perante apoiantes.

“Estou aqui para governar este país, numa situação muito difícil, mas eu tenho fé em Deus e com a ajuda do povo, vamos encontrar uma saída, para que este país possa voltar a viver democraticamente, harmonicamente, e que a gente possa voltar a restabelecer a paz entre as famílias para que a gente possa construir o mundo que nós precisamos e o Brasil”, salientou.

De acordo com os resultados oficiais divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (STE) do Brasil, o antigo Presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva venceu a segunda volta da eleição presidencial deste domingo, derrotando o chefe de Estado em exercício, Jair Bolsonaro.

Cerca das 23:00 de Lisboa o STE deu a eleição como matematicamente definida.

Quando estavam apuradas 99,66% das secções, o candidato do Partido dos Trabalhadores (PT, esquerda), Lula da Silva tinha 50,88% dos votos, contra 49,12% para Jair Bolsonaro (extrema-direita).

Lula da Silva, que já cumpriu dois mandatos como Presidente, entre 2003 e 2011, regressa ao Palácio do Planalto após uma vitória na segunda volta, a primeira na história democrática recente do Brasil contra um chefe de Estado recandidato.

O antigo sindicalista terá como vice-presidente Geraldo Alckmin, do Partido Socialista Brasileiro (PSB), que já tinha sido seu opositor nas eleições presidenciais de 2006, então pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).

Artigo anteriorLuxemburgo: Controlos de velocidades (31 outubro)
Próximo artigoBrasil/Eleições: Lula da Silva promete combater a fome e proteger a Amazónia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui