Início Desporto Futebol Rúben Amorim diz que Portimonense pode criar ansiedade a equipa e público 

Rúben Amorim diz que Portimonense pode criar ansiedade a equipa e público 

45
0
Sporting's head coach Rúben Amorim reacts during the Portuguese First League soccer match with Estoril Praia held at Antonio Coimbra da Mota Stadium in Cascais, Portugal, 02 September 2022. RODRIGO ANTUNES/LUSA

O treinador Rúben Amorim assumiu hoje que o Sporting vai sentir ansiedade na receção ao Portimonense, no sábado, para a I Liga de futebol, advertindo que “público e jogadores” têm de estar preparados para as dificuldades.

Em conferência de imprensa, em Alcochete, Ruben Amorim admitiu que, “obviamente, o ambiente melhorou” após as vitórias nas visitas ao Estoril Praia (2-0) e Eintracht Frankfurt (3-0), mas lembrou que “o Portimonense vai defender bem” e que “se o tempo começar a correr, quer os jogadores, quer o público vão começar a ficar ansiosos”.

“Eu, toda a gente, o público e os nossos jogadores têm de estar preparados, porque eles vão criar-nos problemas em algumas transições e temos de manter a calma. Assim que essa jogada passar, temos de iniciar outra, ter as posses longas, não voltar a cometer os mesmos erros que com o [Desportivo de] Chaves”, assinalou o treinador ‘leonino’.

Publicidade

O adversário de sábado, lembrou Amomrim, “está muito confortável na tabela, vai esperar pelos erros” do Sporting, “fazer transições” e tanto “o público” como “a equipa” vão “ficar ansiosos”, mas o ‘segredo’ do sucesso será “manter a identidade” da equipa durante os 90 minutos.

“Por vezes os [defesas] centrais não [vão poder] rodar a bola tão rápido, porque temos de encontrar os ‘timings’ e o público vai ficar ansioso. O Adán, às vezes, não vai ter de dar a bola tão rápido como parece que devia, porque temos de encontrar o lado certo para jogar. E todos temos de estar preparados durante o jogo para perceber isso”, apelou Amorim.

Até porque, assumiu o técnico dos ‘verde e brancos’, “ainda falta resolver os problemas” que a equipa tinha antes dos últimos dois jogos, uma vez que “só passaram cinco dias” e “não há milagres” no futebol.

“Há uma semana e meia, com o [Desportivo de] Chaves, estava tudo mal. E isso é normal no futebol. O que lhes disse [aos jogadores] foi exatamente isso. Tivemos uma vitória com o Estoril [Praia], ganhámos na Liga dos Campeões, temos agora um jogo de campeonato e temos a Liga dos Campeões [receção ao Tottenham]. E pode correr tudo ao contrário e voltamos ao mesmo momento”, lembrou.

O Sporting recebe o Portimonense no sábado, em encontro da sexta jornada da I Liga portuguesa de futebol com início marcado para as 18:00, no Estádio José Alvalade, em Lisboa, e arbitragem de Cláudio Pereira, da associação de Aveiro.

A equipa orientada por Ruben Amorim procura somar a segunda vitória consecutiva no campeonato, após vencer na jornada anterior, na visita ao Estoril Praia (2-0), em encontro que se seguiu a duas derrotas seguidas na competição, frente ao FC Porto (3-0) e ao Desportivo de Chaves (2-0).

Os ‘leões’ seguem em sétimo lugar na tabela classificativa da competição, com sete pontos, menos cinco do que o Portimonense, que ocupa o quarto lugar com os mesmos 12 pontos do FC Porto, ambos a três pontos do líder Benfica.

Artigo anteriorPortugal recebe Bélgica e Islândia no ‘play-off’ europeu do Mundial2023 feminino
Próximo artigoRoger Schmidt crê que Benfica vai mostrar qualidade do plantel em Famalicão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui