Início Desporto Futebol Ronaldo distinguido nas Quinas de Ouro e assume que quer disputar Euro2024

Ronaldo distinguido nas Quinas de Ouro e assume que quer disputar Euro2024

38
0

O futebolista internacional português Cristiano Ronaldo foi na terça-feira distinguido na gala Quinas de Ouro 2022, juntamente com os treinadores José Mourinho e Abel Ferreira, e assumiu o desejo de estar presente no Mundial2022 e no Euro2024.

O avançado dos ingleses do Manchester United, que recebeu o prémio por se ter tornado no maior goleador de seleções, garantiu que o seu caminho “ainda não terminou”, pelo que quer participar no Mundial do Qatar, entre 20 de novembro e 18 de dezembro, e no Euro2024, na Alemanha.

“O meu caminho ainda não terminou, vão levar um bocadinho mais de carga do Cris. Sinto-me ainda motivado, a minha ambição está lá em cima. Estou numa seleção com muitos jogadores jovens com um futuro extraordinário. Quero continuar a fazer parte [da seleção] no Mundial [do Qatar] e no Europeu [de 2024], assumo já. Já tinha saudades de receber um prémio”, manifestou o ‘capitão’ da equipa principal das ‘quinas’, pela qual contabiliza um total de 117 golos em 189 jogos.

Publicidade

O ponta de lança luso, de 37 anos, tornou-se no maior goleador a nível internacional em 01 de setembro de 2021, então ao ultrapassar a cifra dos 109 golos do já retirado iraniano Ali Daei, no encontro com a República da Irlanda, no Estádio Algarve, onde anotou um ‘bis’ na reta final do encontro da fase de qualificação para o Mundial2022.

Na cerimónia que decorreu na Cidade do Futebol, em Oeiras, os treinadores José Mourinho, vencedor da primeira edição da Liga Conferência Europa ao leme dos italianos da Roma, e Abel Ferreira, bicampeão da Taça Libertadores pelo Palmeiras, do Brasil, receberam um galardão cada.

“Acordei hoje com a notícia que fazia 22 anos desde o primeiro dia em que fui treinador. Acordei com uma fotografia que me mandaram quando fui apresentado no Benfica. 22 anos depois, continuo a gostar de treinar da mesma forma, de jogar da mesma forma, de ganhar, de odiar perder, continuo a ser expulso da mesma forma. Nada mudou”, expressou José Mourinho, após receber o prémio.

Já Abel Ferreira não esteve presente na gala por “motivos pessoais”, mas realçou, através de um vídeo, o “orgulho imenso de ser português”, dedicando a distinção a todos os que trabalham consigo.

No futebol, a equipa de sub-19 do Benfica, vencedora da Youth League e da Taça Intercontinental, a equipa feminina de futebol do Benfica, bicampeã nacional, o FC Porto, campeão da I Liga, e o Rio Ave, atual detentor do título do segundo escalão, foram igualmente distinguidos.

No evento organizado pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) e Associação Nacional dos Treinadores de Futebol (ANTF), que se realizou pela ultima vez em 2019, devido à pandemia covid-19, foram ainda distinguidos a seleção feminina de futsal universitário, que se sagrou campeã mundial.

Ainda no futsal, foram galardoados Ricardinho, que já se retirou da carreira internacional, Zicky Té, João Matos e Ana Azevedo, enquanto no futebol de praia, a seleção sénior masculina foi distinguida pela conquista da Liga Europeia em 2021.

O último prémio da noite foi entregue ao selecionador português de futsal, Jorge Braz, que conduziu Portugal à conquista da primeira edição da Finalíssima, que juntou ao bicampeonato europeu e ao título mundial.

Artigo anteriorPaíses Baixos sobe salário mínimo e impostos e controla preços devido a inflação
Próximo artigoRússia anuncia mobilização de 300 mil cidadãos e reconhece morte de 5.937 soldados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui