Início Sociedade Isabel II: Autoridades antecipam fila de seis quilómetros para ver o caixão...

Isabel II: Autoridades antecipam fila de seis quilómetros para ver o caixão da Rainha

48
0
Chegada ao Palácio de Buckingham do corpo da Rainha Isabel II, Inglaterra, Londres, Grã-Bretanha, 13 de setembro de 2022. A Rainha Isabel II morreu a 08 de setembro aos 96 anos no Castelo de Balmoral, na Escócia, após mais de 70 anos do mais longo reinado da história do Reino Unido. NUNO VEIGA/LUSA

As autoridades britânicas estão a antever em Londres uma fila de seis quilómetros de pessoas que planeiam prestar uma última homenagem a Isabel II, cuja urna estará a partir de quarta-feira em Westminster, edifício do parlamento.

Perante tal cenário, que poderá implicar uma espera de até 30 horas, segundo a imprensa britânica, as autoridades estão a fazer preparativos e a dar instruções muito específicas.

O caixão com o corpo da monarca vai estar no Palácio de Westminster, o edifício que alberga o parlamento inglês, para contemplação do público em geral entre as 17:00 de quarta-feira e as 06:30 de segunda-feira (a mesma hora em Lisboa), dia do funeral de Estado, que começará às 11:00.

Publicidade

Os planos publicados pelo Ministério da Cultura britânico mostram que a fila vai começar em Albert Embankment e continuará até Southwark Park, já depois de Tower Bridge, ao longo da margem sul do rio Tamisa, com passagem por locais emblemáticos como a roda gigante London Eye, o museu Tate Modern e o navio militar HMS Belfast.

Ao longo do percurso estão a ser colocadas casas de banho portáteis e chafarizes com água, e organizações como o centro cultural Southbank Centre, National Theatre e o teatro Shakespeare’s Globe vão funcionar continuamente para vender comida e permitir o uso das casas de banho.

Cafés e outros comércios locais também vão funcionar fora de horas.

A cinemateca BFI Southbank terá um ecrã no exterior onde vai projetar imagens de arquivo da Rainha Isabel II.

Quando chegarem a Albert Embankment, início da fila, as pessoas serão conduzidas através da ponte de Lambeth, para os Jardins da Torre Vitoria, onde terão de passar por controlos de segurança antes de entrarem no Palácio de Westminster.

Uma vez dentro do Palácio de Westminster, as pessoas vão poder passar pelo caixão, mas sem parar, e não podem levar flores ou outro tipo de ofertas.

Filmagens ou fotografias também estão proibidas.

As autoridades avisaram as pessoas para o risco de ser necessário “ficar de pé durante muitas horas, possivelmente durante a noite, com muito poucas oportunidades para sentar-se, pois a fila continuará em movimento”.

De acordo com as regras, serão permitidas malas pequenas, uma por pessoa, com abertura fácil para ser inspecionada, e ninguém pode entrar no Palácio de Westminster com comida ou bebida – que “devem ser consumidas na fila de espera”-, flores, peluches, fotografias, cadeiras dobráveis, cobertores, sacos-cama ou bandeiras.

Qualquer objeto proibido no guia, e outros indicados pela polícia no local, serão confiscados no controlo de segurança e não serão devolvidos, avisam as autoridades britânicas.

Os telemóveis terão de ser desligados ou colocados em silêncio e estão proibidas as fotografias.

“Por favor, respeite a dignidade deste evento e comporte-se de forma apropriada”, instaram as autoridades, pedindo que dentro de Westminster deve ser mantido o silêncio.

A urna com o corpo da Rainha Isabel II será depositada no Salão de Westminster [Westminster Hall], a parte mais antiga do edifício onde funciona o parlamento britânico, cujas origens remontam ao século XI.

O caixão, fechado e coberto pelo estandarte real e pela Coroa Imperial do Estado, esfera e ceptro, será colocado sobre uma plataforma elevada, conhecida como catafalco, e guardado continuamente por soldados de regimentos militares que servem o Rei.

Depois de estar em posição, será realizada uma curta missa com a presença do Rei Carlos III e de membros da família real, e só depois é que o público será autorizado a entrar.

A Rainha Isabel II morreu na passada quinta-feira aos 96 anos no Castelo de Balmoral, na Escócia, após mais de 70 anos do mais longo reinado da história do Reino Unido.

Após a morte da monarca, o seu filho primogénito assume aos 73 anos as funções de rei como Carlos III.

Artigo anteriorFC Porto goleado em casa pelo Club Brugge na ‘Champions’
Próximo artigoAngola/Eleições: PR português espera que relações com Angola “continuem magníficas” 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui