Início Futebol Liga Portuguesa ‘Coração’ de Vitinha e Ricardo Horta reforçam segundo lugar do Braga

‘Coração’ de Vitinha e Ricardo Horta reforçam segundo lugar do Braga

61
0
O jogador do Sporting de Braga, Vitinha, festeja após marcar um golo contra o Vizela durante o jogo da 7.ª jornada da Primeira Liga de futebol realizado no Estádio Municipal de Braga, 18 de setembro de 2022. HUGO DELGADO/LUSA

O Sporting de Braga bateu, hoje, o Vizela por 2-0, com golos de Vitinha e Ricardo Horta, que reforça o segundo lugar na I Liga de futebol à sétima jornada, vitória que assentou sobretudo num grande ‘coração’.

O primeiro golo surgiu apenas aos 83 minutos, por Vitinha, que saltou do banco para voltar a ser decisivo após ter apontado, na quinta-feira, o único golo dos bracarenses na vitória por 1-0 sobre o Union de Berlim, na Liga Europa, e o segundo já nos descontos, por Ricardo Horta (90+5).

Foi a oitava vitória consecutiva do Sporting de Braga em todas as competições, sexta no campeonato, que reforça o grande início de temporada dos ‘arsenalistas’, mantém a equipa a dois pontos do líder Benfica e permite distanciar-se do FC Porto, que visita na próxima jornada, agora a três pontos.

Publicidade

Já o Vizela somou a terceira derrota consecutiva do Vizela e já não vence desde a primeira jornada.

Os treinadores apresentaram três novidades nas suas equipas em relação ao último ‘onze’, André Horta, Iuri Medeiros e Abel Ruiz nos bracarenses, com nota ainda para a ausência de Al Musrati que nem no banco se sentou, e Igor Julião, Claudemir e Zohi no Vizela.

O Sporting de Braga entrou a todo o gás e, logo aos três minutos, Ricardo Horta atirou ao lado após passe de Iuri Medeiros e, no minuto seguinte, após canto curto, Sequeira cruzou da esquerda e Banza cabeceou ao poste.

A equipa da casa dominava por completo e Ricardo Horta (14) e Iuri Medeiros (23) voltaram a criar perigo diante de um Vizela ‘atarantado’, com maus posicionamentos defensivos e sem conseguir explanar o seu futebol.

Álvaro Pacheco mexeu na equipa à meia hora de jogo, lançando o habitual titular Samu para o lugar do ‘amarelado’ – e apagado – Rapahel Guzzo.

O Vizela foi conseguindo ter mais bola, mas foi o Sporting de Braga a criar nova grande ocasião: Abel Ruiz fugiu pela esquerda e serviu Banza no ‘coração’ da área, mas o remate do francês saiu à figura de Buntic.

O primeiro bom lance do ataque do Vizela surgiu apenas aos 39 minutos, com um remate de meia distância de Mendez ligeiramente ao lado. Pouco depois, Samu também atirou de fora da área, mas Matheus mostrou segurança (45+1).

O técnico dos vizelenses lançou Carlos Isaac e Nuno Moreira após o intervalo, mas foi novamente o Sporting de Braga a entrar melhor – Banza, em esforço, ‘assustou’ Buntic (48).

Ricardo Horta (50) e, sobretudo, Abel Ruiz (51) desperdiçaram grandes ocasiões para marcar, com Buntic igualmente em bom plano.

Tanto desperdício podia ter custado caro porque o Vizela começou a acreditar que era possível marcar e foi acercando-se da baliza bracarense.

Artur Jorge fez uma tripla substituição à hora de jogo, lançando Castro, Álvaro Djaló e Vitinha e, mais tarde, lançou também Diego Lainez.

Mas, começava a faltar frescura ao Braga e, aos 74 minutos, Matheus impediu o golo ao Vizela com uma grande defesa a cabeceamento de Ivanildo Fernandes, após canto da direita (74).

Álvaro Pacheco acreditava e refrescou o ataque com Alvarado (80), mas seria o Sporting de Braga a marcar, aproveitando um ‘buraco’ no meio-campo contrário: Vitinha teve tempo e espaço para rematar cruzado de fora da área – a bola ainda bateu num adversário e terá traído Buntic.

Aos 90 minutos, Matheus segurou o triunfo com uma defesa enorme a cabeceamento de Osmajic. Os minutos seguintes foram de sofrimento bracarense, mas seria a equipa da casa a voltar a marcar com um grande golo de Ricardo Horta (90+5).

Artigo anteriorJair Bolsonaro faz campanha na ida ao funeral de Isabel II e é criticado por Lula da Silva
Próximo artigoPortugal conquista primeira edição da Finalíssima de futsal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui