Início Desporto Futebol Schmidt surpreendido com qualidade da I Liga mas não com desaires dos...

Schmidt surpreendido com qualidade da I Liga mas não com desaires dos rivais

89
0
Foto: SL Benfica

O treinador do Benfica, Roger Schmidt, disse hoje estar surpreendido com a qualidade da I Liga portuguesa de futebol e não com as derrotas sofridas por Sporting e FC Porto na quarta jornada, frente a equipas recém-promovidas.

“Estou surpreendido com a qualidade da Liga portuguesa, para ser sincero. Já jogámos contra o Casa Pia e foi um jogo muito difícil, apenas consentiram um golo em três jogos. Isso mostra a sua qualidade. E as vitórias do [Desportivo de] Chaves e do Rio Ave contra Sporting e FC Porto mostram que há muita qualidade na Liga”, comentou o técnico alemão, no Seixal.

Nesse sentido, Schmidt destacou que as derrotas de ‘leões’ e ‘dragões’ dão à sua equipa “a atitude certa para o próximo jogo”, uma vez que é “muito importante nunca subestimar” qualquer adversário e frisou a qualidade das equipas que se apresentam com objetivos mais modestos.

Publicidade

“Estou surpreendido não tanto com os resultados, mas mais com a prestação das equipas que são novas na Liga e talvez não contem para as equipas de topo”, frisou em conferência de imprensa de antevisão do encontro com o Paços de Ferreira.

Por outro lado, e voltando a pensar nas derrotas dos rivais, o técnico recusou avaliar se os ‘encarnados’ são, neste momento, o mais forte dos três candidatos ao título.

“Neste momento estamos bem e temos de nos focar em nós próprios. Não vamos olhar para as outras equipas. Amanhã [terça-feira] é um jogo em que precisamos de uma prestação de topo e a nossa probabilidade de ganhar é alta. É esse o nosso foco. Acho que é muito cedo para dizer se somos o mais forte ou não, ou se outra equipa é a mais forte”, comentou.

E precisamente sobre o encontro de terça-feira, frente ao Paços de Ferreira, Schmidt não desvendou se vai começar a promover alguma rotatividade no plantel e lembrou que não encara essa opção como “uma regra”, mas sempre como “uma decisão para o jogo seguinte”.

“Claro que a determinado momento vamos mudar de abordagem, mas ainda não tomei as minhas decisões para amanhã [terça-feira]. Cada jogo é um novo desafio, tenho de esperar pelos dados dos jogadores, se estão recuperados ou não, e tomaremos as nossas decisões. Mas precisamos de todos os jogadores para ganhar jogos”, insistiu.

O Benfica recebe o Paços de Ferreira na terça-feira, em encontro atrasado da terceira jornada da I Liga portuguesa de futebol, com início marcado para as 20:15, no Estádio da Luz, e arbitragem de Artur Soares Dias, da associação do Porto.

Em caso de vitória, e equipa orientada por Roger Schmidt isola-se na liderança da classificação, com mais três pontos que o FC Porto e o Portimonense e mais dois que o Sporting de Braga, aumentando para oito pontos a vantagem sobre o Sporting, beneficiando das derrotas de ‘leões’ (2-0) e ‘dragões’ (3-1) na quarta jornada, frente a Desportivo de Chaves e Rio Ave, respetivamente.

Artigo anteriorKiev diz que iniciou ofensiva contra forças russas na frente sul
Próximo artigoAngola/Eleições: MPLA vence com 51%, UNITA com 44% – resultados definitivos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui