Início Conflitos No Name Boys e adeptos croatas planeavam atacar Super Dragões no Porto

No Name Boys e adeptos croatas planeavam atacar Super Dragões no Porto

192
0

Relatório da polícia dava conta de possíveis incidentes na zona da Ribeira. Centenas de ultras acabaram por ser intercetados quando se dirigiam para a Invicta.

Os incidentes que envolveram adeptos de futebol em Guimarães ainda fazem correr muita tinta. Esta sexta-feira o Jornal de Notícias dá mesmo conta que a polícia tinha dados sobre um presumível ataque das claques do Hajduk Split, que jogou contra o V.Guimarães na última quarta-feira, e dos No Name Boys, afeta ao Benfica, aos Super Dragões, o mais conhecido grupo de apoio do FC Porto.

“Um grupo dos No Name Boys adeptos da subcultura Casual – um fenómeno transversal no futebol mundial marcado por ações violentas contra claques de outros clubes – queria atacar, com o apoio dos membros da perigosa claque croata Torcida Split, os rivais do F. C. do Porto na mesma noite em que lançaram o pânico no centro da cidade de Guimarães”, lê-se no Jornal de Notícias.

Publicidade

De acordo com a mesma publicação, as forças de autoridade já antecipavam a possibilidade de incidentes, mesmo antes do encontro entre vimaranenses e croatas. Os dados que a polícia recolheu davam conta então de possíveis confrontos tanto em Guimarães como no Porto. Refira-se que a PSP acabou por intercetar vários autocarros que saíram de Guimarães com 154 indivíduos, 23 dos quais portugueses, que estariam a deslocar-se para a zona da Ribeira, na Invicta.

Artigo anteriorVenezuela: Cônsul-geral deixa Valência destacando o elevado número de nacionalidades portuguesas atribuídas
Próximo artigoPaz no mundo é o principal pedido que peregrinos deixam no Santuário de Fátima

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui