Início Conflitos Exército israelita prepara-se para ataques na Faixa de Gaza durante uma semana

Exército israelita prepara-se para ataques na Faixa de Gaza durante uma semana

75
0

O exército israelita disse hoje estar a preparar-se para realizar ataques na Faixa de Gaza, durante “uma semana”, onde tem intensificado os ataques contra a organização armada Jihad Islâmica.

Um porta-voz militar, citado pela France-Presse (AFP), disse que o Exército está “a preparar-se para uma operação de uma semana” e “não está atualmente a levar a cabo negociações de cessar-fogo”, após relatos de que o Egito está a tentar mediar o diálogo entre Israel e a Palestina, para acalmar a situação no enclave palestino, onde as trocas de tiros continuam.

A violência dos últimos dias já privou o pequeno pedaço de terra encravado entre o Egito, o Mar Mediterrâneo e Israel e os seus 2,3 milhões de habitantes da sua única central elétrica, que parou de trabalhar devido à falta de combustível, na sequência do encerramento das fronteiras.

Publicidade

De um lado da fronteira, alertas de ‘rockets’ continuam a soar nas comunidades israelitas adjacentes ao território palestino, e do outro, a cidade de Gaza está como que paralisada, entre ruas desertas e lojas fechadas.

O exército israelita afirma ter como alvo locais pertencentes à Jihad Islâmica, dando também conta de 15 militares israelitas mortos desde sexta-feira.

Já as autoridades de Gaza relatam 13 mortos, incluindo uma menina de cinco anos, e mais de 100 feridos.

A resposta de Gaza até agora não causou vítimas ou danos, já que a maioria dos ‘rockets’ foi intercetada por escudos antimísseis, segundo o exército israelita.

O braço armado da Jihad Islâmica, as Brigadas Al-Quds, afirmou, na sexta-feira, depois de disparar mais de 100 mísseis em solo israelita, que foi apenas uma “primeira resposta” ao assassinato de um dos seus líderes, Tayssir Al-Jabari, durante um ataque israelita.

Artigo anteriorDoze peregrinos polacos mortos e 30 feridos em acidente de autocarro na Croácia
Próximo artigoGNR detém suspeito de provocar incêndio urbano em Aljustrel

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui