Início Religião Venezuela: Governo venezuelano elogia réplica do Santuário de Fátima e fé dos...

Venezuela: Governo venezuelano elogia réplica do Santuário de Fátima e fé dos portugueses

89
0

O Governo venezuelano elogiou a construção, pelos portugueses, de uma réplica local do Santuário de Fátima e descreveu os portugueses radicados na Venezuela como um povo de paz.

“Os companheiros de Portugal, naturais de Portugal, estão a construir, em Carrizal (pouco mais de 30 quilómetros a sul de Caracas), uma réplica do Santuário da Virgem de Fátima. É uma beleza! (São) um povo de fé, um povo de fé”, disse o vice-presidente do Partido Socialista Unido da Venezuela.

Diosdado Cabello, que é tido como o segundo homem mais forte do chavismo, depois de Nicolás Maduro, falava durante a emissão N.º 398 do seu programa televisivo “Con el mazo dando” (Dando com o malho), transmitido pela televisão estatal venezuelana.

Publicidade

 Cabello começou por mostrar a impressão a cores de uma notícia, em idioma castelhano, acompanhada por uma foto, do momento em que o Presidente Nicolás Maduro (à esquerda) cumprimenta, no palácio presidencial de Miraflores o novo embaixador de Portugal na Venezuela João Pedro Fins do Lago, de quem receberá as “cartas credenciais”.

“O novo embaixador de Portugal entrega as cartas credenciais em Miraflores. A quem? A Nicolás Maduro Moros, Presidente Constitucional da República Bolivariana da Venezuela”, frisou o político venezuelano.

Diosdado Cabello mostra ainda uma segunda notícia em que aparece, na foto, à esquerda, o secretário Regional da Economia da Madeira, Rui Barreto, e o presidente do Instituto de Desenvolvimento Empresarial (IDE), Duarte Freitas (à direita), que estão de visita à Venezuela.

“E mais abaixo diz aqui que (Rui) Barreto encabeça uma missão empresarial à Venezuela, eles estão a vir para cá. Os companheiros de Portugal”, frisou Cabello.

A comunidade portuguesa de Carrizal, no estado venezuelano de Miranda, prevê inaugurar, em outubro, a maior réplica local do Santuário de Fátima, em Los Altos Mirandinos, a cerca de 30 quilómetros a sul de Caracas.

O projeto de construção começou em 03 de julho de 2008, com o lançamento da primeira pedra durante uma visita do antigo presidente do Governo Regional da Madeira Alberto João Jardim e do antigo núncio apostólico na Venezuela Giacinto Berloco.

As obras começaram em agosto desse mesmo ano, numa área de construção de 22 mil metros quadrados.

O secretário Regional da Economia da Madeira, Rui Barreto, iniciou na terça-feira uma visita à Venezuela, onde ao longo de oito dias vai manter contactos com empresários madeirenses locais, numa iniciativa em que também participa o presidente do Instituto de Desenvolvimento Empresarial (IDE), Duarte Freitas.

Esta iniciativa promovida pelo IDE, com apoios comunitários através do FEDER destinados à internacionalização da economia regional, pretende reforçar os laços comerciais entre empresas regionais e venezuelanas.

Artigo anteriorReunião anual do Conselho das Comunidades Portuguesas arranca na segunda-feira em Lisboa
Próximo artigoTrês feridos, um com gravidade, em explosão de gás em prédio no Pragal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui