Início Desporto Ciclismo UCI retira licença desportiva à W52-FC Porto, que falha Volta a Portugal

UCI retira licença desportiva à W52-FC Porto, que falha Volta a Portugal

144
0

A União Ciclista Internacional (UCI) retirou a licença desportiva à equipa W52-FC Porto, que assim vai falhar a 83.ª Volta a Portugal, confirmou hoje a Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC).

“A Federação Portuguesa de Ciclismo confirma que foi hoje notificada pela União Ciclista Internacional (UCI) de que esta entidade decidiu retirar a licença desportiva à equipa continental W52-FC Porto, na sequência da informação recebida pela UCI sobre o processo que decorre na Autoridade Antidopagem de Portugal”, lê-se no comunicado da FPC.

A FPC salienta ainda na nota que “a decisão entra imediatamente em vigor, pelo que a equipa está impedida de voltar a competir”, o que inviabiliza, desde logo, a participação dos ‘dragões’ na 83.ª Volta a Portugal, que decorre entre 04 e 15 de agosto.

Publicidade

A estrutura W52, ligada ao FC Porto há seis épocas, venceu as últimas nove edições da prova ‘rainha’ do calendário nacional, embora os triunfos do seu corredor espanhol Raúl Alarcón, em 2017 e 2018, lhe tenham sido retirados por “uso de métodos e/ou substâncias proibidas”.

Em 15 de julho, oito ciclistas e dois elementos do ‘staff’ da W52-FC Porto foram suspensos preventivamente pela Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP) no âmbito da operação ‘Prova Limpa’.

Artigo anteriorPelo menos dois mortos e dezenas de feridos em sismo no norte das Filipinas
Próximo artigoLuxemburgo: Controlos de velocidades (28 julho)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui