Início Desporto Futebol Sporting vence Roma, de José Mourinho, no quarto triunfo da pré-época

Sporting vence Roma, de José Mourinho, no quarto triunfo da pré-época

141
0
Sporting player Goncalo Inacio celebrates after scoring a goal against Roma during the friendly soccer match held at Algarve stadium, in Faro, Portugal, 19 July 2022. DUARTE DRAGO/LUSA

O Sporting venceu hoje (3-2) a Roma, treinada pelo português José Mourinho, somando o quarto triunfo na pré-época 2022/23 de futebol, em jogo particular disputado no Estádio Algarve.

Com golos de Pedro Gonçalves (29 minutos, de grande penalidade), Gonçalo Inácio (53) e Bruno Tabata (86), o resultado coloca justiça numa partida com índices de agressividade dignos de campeonato, mas em que os ‘leões’ foram superiores aos italianos, cujos tentos foram marcados por Gonçalo Inácio (31, na própria baliza) e Pellegrini (69).

O Sporting somou a quarta vitória na pré-época, depois dos triunfos sobre Vilafranquense (1-0), Estoril Praia (4-0) e BSAD (2-0), a que se juntam três empates (Casa Pia, Union Saint-Gilloise e Villarreal, todos 1-1).

Publicidade

Nos ‘leões’, o guardião Franco Israel e o extremo Rochinha foram os dois únicos reforços no ‘onze’ escolhido por Rúben Amorim, no tradicional sistema de 3x4x3, com a particularidade de Pedro Gonçalves ter jogado como ‘falso 9’.

O Sporting não demorou muito tempo, a partir do apito inicial, a tentar virar o pendor do jogo para o seu lado, mostrando-se um pouco mais dinâmico do que uma Roma faltosa e apagada, ainda sem o argentino Dybala, o seu mais recente reforço.

Pedro Gonçalves obrigou o guarda-redes internacional português Rui Patrício a uma excelente defesa, após contra-ataque, aos 14, e converteu uma grande penalidade ‘ganha’ por Marcus Edwards, aos 29, enquanto a equipa de José Mourinho, com alguma felicidade, empatou dois minutos depois, num canto de Pellegrini à direita, que Gonçalo Inácio desviou, ao tentar cortar de cabeça, para o sítio errado.

Para a segunda parte, Francisco Trincão substituiu Rochinha no trio atacante, fixando-se à direita, enquanto Edwards passou para o meio e Pedro Gonçalves para a esquerda.

O Sporting manteve o ascendente e não demorou a recolocar-se em vantagem no marcador, por Gonçalo Inácio, que se redimiu do autogolo com um cabeceamento certeiro, após canto de Pedro Gonçalves (53).

Trincão ‘apareceu’ pela primeira vez aos 64 minutos: ultrapassou Ibañez junto à linha de fundo com muita facilidade e ofereceu o golo a Pedro Gonçalves, que, na pequena área, pressionado por um defesa, atirou fraco para as mãos de Svilar.

Num encontro com muitas e exageradas quezílias entre jogadores, obrigando o árbitro a puxar várias vezes do cartão amarelo e a tentar refrear os ânimos, os italianos voltaram a igualar a partida, aos 69, num remate de Pellegrini.

Até final, Marcus Edwards (71) e Pedro Gonçalves (85) ameaçaram o terceiro golo, que seria concretizado pelo extremo brasileiro Bruno Tabata (86), após passe de Ugarte, agressivo na pressão sobre Veretout.

Os ‘leões’ encerram o estágio no Algarve na quarta-feira, realizando um jogo à porta fechada com o Portimonense.

Jogo disputado no Estádio Algarve.

Sporting – Roma, 3-2.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

1-0, Pedro Gonçalves, 29 minutos (grande penalidade).

1-1, Gonçalo Inácio, 31 (na própria baliza).

2-1, Gonçalo Inácio, 53.

2-2, Pellegrini, 69.

3-2, Bruno Tabata, 86.

Artigo anteriorSporting de Braga segue 100% vitorioso na pré-época após derrotar Bournemouth
Próximo artigoIncêndios: Portugal continental permanece em situação de alerta até quinta-feira

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui