Início Desporto Futebol Sporting encerra pré-época com quinto empate frente ao Wolverhampton no Algarve

Sporting encerra pré-época com quinto empate frente ao Wolverhampton no Algarve

73
0
Sporting player Nuno Santos (R) fights for the ball with Wolverhampton player Jonny Otto during the friendly soccer match held at Algarve Stadium, in Faro, Portugal, 30 July 2022. DUARTE DRAGO/LUSA

O Sporting encerrou hoje a pré-temporada 2022/23 de futebol com um empate (1-1) frente ao ‘aportuguesado’ Wolverhampton, da Premier League, em jogo particular disputado no Estádio Algarve, com dois golos da marca de penálti.

Rúben Neves, um dos cinco portugueses no ‘onze’ dos ‘wolves’, orientados pelo luso Bruno Lage, abriu o marcador aos 15 minutos e Pedro Gonçalves igualou, antes do intervalo (44), assinando o seu sexto tento na pré-época, num encontro em que os ‘leões’ voltaram a exibir-se de forma ‘apagada’, a uma semana da estreia na I Liga.

O Sporting fechou a pré-época com cinco vitórias (sobre Sporting B, Vilafranquense, Estoril Praia, BSAD e Roma), cinco empates (Casa Pia, Union St. Gilloise, Villarreal, Sevilla e Wolverhampton) e uma derrota, imposta pelo Portimonense.

Publicidade

Rúben Amorim chamou o reforço uruguaio Franco Israel (ex-Juventus) para a baliza, face à ausência, por lesão (ligamento do joelho direito), do habitual titular Antonio Adán, que deverá ficar de fora nas jornadas iniciais, incluindo as deslocações a Braga e ao Dragão, para defrontar o campeão nacional FC Porto, respetivamente nas primeira e terceira rondas.

De resto, a equipa ‘leonina’, com três reforços de início (Israel, Morita e Francisco Trincão), posicionou-se em ‘3-4-3’, com Gonçalo Inácio, Coates e Matheus Reis a centrais, Porro e Nuno Santos nas alas, Matheus Nunes e Morita no ‘miolo’, e um trio ofensivo composto por Trincão, Pedro Gonçalves e Paulinho.

Trincão, a defrontar a equipa que representou na época passada por empréstimo do FC Barcelona, causou o primeiro momento de emoção nas bancadas num início de encontro equilibrado, com um remate por cima, aos cinco minutos.

Os ingleses ameaçaram aos 11, num remate de Dendoncker intercetado na ‘hora H’ para canto por Porro, e marcaram à passagem do quarto de hora, pelo ‘capitão’ Rúben Neves, na conversão de um penálti a castigar falta de Gonçalo Inácio sobre Pedro Neto.

Com o Sporting a jogar a um ritmo algo lento e com pouca ligação entre meio-campo e ataque, os desequilíbrios ofensivos escassearam no primeiro tempo, mas os ‘leões’ conseguiram a igualdade antes do intervalo, na segunda grande penalidade da partida (falta sobre Paulinho), assinada por Pedro Gonçalves (44).

Após um início de segunda parte quezilento, com cinco cartões amarelos em dois minutos, o futebol regressou com um ‘tiro’ de Porro que José Sá defendeu, aos 56, e uma jogada individual de Pedro Gonçalves concluída com remate fraco e à figura (60).

Com os ‘leões’ a melhorarem ligeiramente no segundo tempo, Trincão atirou perto do poste direito da baliza de José Sá, aos 73, numa altura em que o extremo inglês Marcus Edwards já jogava a ‘falso 9’.

Nos minutos finais, Hee Chan-Hwang ultrapassou Franco Israel, mas perdeu tempo e rematou para o corte, ‘em cima’ da linha de baliza, de Matheus Reis (84), e Fatawu também ameaçou na primeira vez em que tocou na bola, com um ‘tiro’ por cima (85).

O conjunto de Bruno Lage defronta no domingo o Farense, no Estádio de São Luís, em Faro, no encontro de apresentação da equipa da II Liga aos seus sócios.

Jogo disputado no Estádio Algarve.

Sporting – Wolverhampton, 1-1.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

0-1, Rúben Neves, 15 minutos (grande penalidade).

1-1, Pedro Gonçalves, 44 (grande penalidade).

Equipas:

– Sporting: Franco Israel, Gonçalo Inácio, Coates, Matheus Reis, Pedro Porro, Morita, Matheus Nunes, Nuno Santos, Francisco Trincão, Pedro Gonçalves e Paulinho. Jogaram ainda: Marcus Edwards, Ricardo Esgaio, Rochinha, Fatawu. 

Treinador: Rúben Amorim.

– Wolverhampton: José Sá, Jonny, Nathan Collins, Max Kilman, Aït-Nouri, Rúben Neves, Dendoncker, João Moutinho, Gibbs-White, Pedro Neto e Daniel Podence. Jogaram ainda: Hee Chan-Hwang, Chem Campbell, Conor Coady, Bueno-Lopez.

Treinador: Bruno Lage.

Árbitro: Bruno Vieira (AF Beja).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Aït-Nouri (48), Pedro Porro (48), Paulinho (49), Daniel Podence (50), Morita (50), Pedro Neto (62), João Moutinho (76) e Chem Campbell (90+3).

Assistência: Cerca de 13.000 espetadores.

Artigo anteriorPM espanhol expressa em Sarajevo apoio à candidatura da Bósnia à UE
Próximo artigoSupertaça: FC Porto e Tondela com ‘onzes’ sem reforços

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui