Início Conflitos Primeiro-ministro do Sri Lanka demite-se após invasão da casa do presidente

Primeiro-ministro do Sri Lanka demite-se após invasão da casa do presidente

71
0

O primeiro-ministro do Sri Lanka, Ranil Wickremesinghe, concordou em demitir-se tal como exigido pelos líderes partidários no Parlamento, avança a agência de notícias Associated Press (AP).

O anúncio surge no dia em que se realizou o maior protesto no país, com dezenas de milhares de manifestantes nas ruas e centenas a conseguirem invadir a residência e o gabinete do presidente Gotabaya Rajapaksa.

Depois de meses de protestos devido à grave crise económica que o Sri Lanka atravessa, o porta-voz do primeiro-ministro anunciou hoje que Wickremesinghe irá demitir-se.

Publicidade

Após a invasão da casa do presidente, os líderes dos partidos políticos no Parlamento reuniram-se tendo decidido pedir a demissão de Rajapaksa e do primeiro-ministro Ranil Wickremesinghe.

A economia do Sri Lanka está em estado de colapso, estando a decorrer as negociações para um plano de ajuda com o Fundo Monetário Internacional.

O colapso económico levou a uma grave escassez de bens essenciais, deixando as pessoas a lutar para comprar alimentos, combustível e outros bens de primeira necessidade.

A turbulência levou a meses de protestos, que quase desmantelaram a dinastia política Rajapaksa que governou o Sri Lanka durante a maior parte das últimas duas décadas.

Artigo anteriorFC Porto bate ingleses do Bristol Rovers no primeiro jogo do estágio no Algarve
Próximo artigoCosta pede ao PS para ignorar “casos e casinhos” da “bolha político-mediática”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui