Início Desporto Andebol Portugal vence e apura-se para a fase seguinte do Europeu de andebol...

Portugal vence e apura-se para a fase seguinte do Europeu de andebol de sub-20

79
0

Portugal bateu hoje a Noruega, por 35-26, no segundo jogo do Grupo A do Europeu de andebol de sub-20, disputado em Gaia, e apurou-se, assim, para a fase seguinte da prova.

Os desempenhos no capítulo defensivo e do guarda-redes Diogo Rema, o deste sobretudo durante o segundo tempo, foram decisivos para o triunfo português e compensaram algumas falhas atacantes em certos momentos.

Martim Costa destacou-se na fase inicial e Portugal tomou rapidamente conta do jogo e também depressa assumiu o comando do marcador, mas a Noruega nunca se deixou atrasar muito.

Publicidade

Francisco Costa, que seria considerado o jogador mais valioso deste encontro, teve pouco tempo em campo na primeiro parte e a sua marca neste período foram três golos de sete metros.

Portugal foi para o intervalo a ganhar por 16-13 e com uma exibição irregular e as coisas não mudaram muito nos momentos iniciais do segundo tempo, período em que Diogo Rema surgiu ao mais alto nível com uma série de intervenções decisivas.

O guarda-redes português contribuiu, então, para impedir a Noruega de se aproximar no marcador, compensando assim a fase menos boa que Portugal viveu no ataque.

Bernardo Pegas deu mais conforto à vantagem portuguesa, fazendo 19-15, e André Sousa aumentou para 20-15 na conclusão de um bom movimento ofensivo da equipa portuguesa.

A Noruega tentou resistir e conseguiu reduzir a desvantagem para três golos (20-17), mas Francisco Costa e novamente Diogo Rema seguraram Portugal e o primeiro fez o 23-18.

A defesa portuguesa melhorou, entretanto, e a partir daí, apesar da oposição norueguesa, Portugal chegou aos seis golos de vantagem 27-21 aos 50 minutos, 29-23 aos 54 e Francisco Costa, na conversão de um livre de sete metros, fez o 30-23.

O mesmo Francisco Costa descobriu André Sousa com um passe teleguiado e o resultado passou para 31-24, resultado que ilustrada a superioridade da equipa orientada por Carlos Martingo face a uma Noruega que jamais baixou os braços.

Os instantes finais permitiram a Gabriel Cavalcanti marcar três golos e a Portugal construir uma vitória por 35-26 e preparar com mais confiança o jogo com a Espanha, no domingo, em Gondomar, para determinar quem será o vencedor do Grupo A, visto que ‘nuestros hermanos’ também somam dois triunfos.

Jogo no Pavilhão Desportivo Municipal de Vila Nova de Gaia

Noruega – Portugal, 26-35.

Ao intervalo: 13-16.

Com arbitragem de Ramesh Thiyagarajah e Suresh Thiyagarajah, da Alemanha, as equipas alinharam a marcaram:

Noruega (26): Sivert Tryggestad, Aksel Hald, Kristain Gyberg (1), Ebbe Stankiewicz (7), Thomas Stenersen, Setorp Kaaterud (1) e Even Haugli (1). Jogaram ainda: Erlend Johnsen, Manfred Tilge, Henrik Jevnaker (2), Lea Knutsen (1), Mikail Solheim (6), Linus Hogdahl (6), Hermann Langeland Knudsen (1) e Hans Gran (g.r.).

Treinador: Fredrik Ruud

Portugal (35): Diogo Rema, Bernardo Pegas (3), André Sousa (7), Nuno Queirós, Francisco Costa (10), Martim Costa (4) e Miguel Oliveira. Jogaram ainda: Gabriel Viana (1), Pedro Oliveira (1), João Gomes (1), Gabriel Cavalcanti (6), Tiago Teixeira (1) e Ricardo Brandão (1).

Treinador: Carlos Martingo

Assistência: cerca de 600 espetadores

Artigo anteriorIncêndios em Ourém e Carrazeda de Ansiães não estão controlados
Próximo artigoLuxemburgo: Controlos de velocidades (9 julho)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui