Início Desporto Andebol Portugal entrou a ganhar no Europeu de sub-20 de andebol masculino

Portugal entrou a ganhar no Europeu de sub-20 de andebol masculino

93
0

Portugal venceu hoje a Polónia, por 41-31, em jogo do Grupo A do Europeu de andebol de sub-20 masculino, disputado no Pavilhão Desportivo Municipal de Gaia.

A seleção portuguesa, que ao intervalo já vencia por 21-11, foi muito mais forte do que a Polónia na primeira parte e, neste período, teve em Martim Costa a sua melhor unidade, tanto pelos oito golos apontados como pelos que também deu a marcar.

A Polónia resistiu até aos 2-2 e depois começou a ficar gradualmente para trás, mesmo quando Portugal jogou em inferioridade numérica, o que aconteceu por três vezes até ao intervalo.

Publicidade

O ponta direita Tiago Teixeira também esteve em evidência, fez quatro golos e Bernardo Pegas não lhe ficou atrás quando o substituiu, já parte final do primeiro tempo, aproveitando algumas facilidades que os polacos concederam nessa zona do campo.

Portugal chegou aos 10-6, depois baixou de ritmo e a Polónia aproveitou e reduziu a desvantagem para um golo (10-9), mas rapidamente as diferenças entre as duas equipas voltaram a ficar claras com um parcial de 4-0 para as cores portuguesas graças a três golos de Martim Costa, que foi o melhor jogador do encontro, e um de Tiago Teixeira.

A seleção portuguesa foi para o intervalo a ganhar por 21-11, um resultado que ilustrava a clara superioridade demonstrada pelos comandados de Carlos Martingo nos vários aspetos do jogo.

A segunda parte abriu com um golo de elevada de nota artística de Francisco Costa, mas o jogo perdeu qualidade e a Polónia deu um pouco mais de luta porque Portugal foi menos acutilante nas suas ações ofensivas e também um pouco menos agressivo na defesa.

A Polónia, voluntariosa, mas muito previsível e sem os argumentos técnicos e táticos do selecionado português, conseguiu reduzir para quatro golos (29-25), dando assim a sensação de que poderia discutir o resultado.

Portugal recompôs-se e, com autoridade, aumentou a vantagem sobre a Polónia, acabando com qualquer dúvida sobre quem era o mais forte e marcando quatro golos contra nenhum da Polónia (33-25).

A partir daí, Portugal controlou, Diogo Rema transmitiu segurança na baliza e o jogo terminou com Portugal em alta, a somar golos e a construir um triunfo por dez golos de diferença.

Jogo no Pavilhão Desportivo Municipal de Vila Nova de Gaia

Portugal – Polónia, 41-31

Ao intervalo: 21-11.

Com arbitragem de Yann Carmaux e Julien Mursch, de França, as equipas alinharam e marcaram:

Portugal (41): Francisco Oliveira, André Sousa (5), Pedro Oliveira (1), Ricardo Brandão, Francisco Costa (8), Martim Costa (10) e Tiago Teixeira (4). Jogaram ainda: Miguel Oliveira, Gabriel Cavalcanti, Nuno Queirós, Gabriel Viana (4), Bernardo Pegas (5), António Machado, João Gomes (4), Nilton Melo e Diogo Rema (g.r.)

Treinador: Carlos Martingo

Polónia (31): Komel Pozniak, Wiktor Karpinski, Dawid Molski (2), Marcel Nowak (1), Pawel Krawczyk (1), Igor Graczyk (2) e Kakub Bedzikowski (4). Jogaram ainda: Szymon, Wiaderny (2) Marcin Gluszczenko. Filip Michalowicz (2), Tomasz Kosznik (4), Jakub Alaj, Powarzynski (7), Jakub Alaj, Wiktor Tomczak (2), Jan Antolak (1) e Damian Domagala (3),

Treinador: Zygmunt Kamys.

Assistência: cerca de 400 espetadores

Artigo anteriorCentral brasileiro João Victor assina por cinco épocas com o Benfica
Próximo artigoForças russas intensificam ataques para dominar o Donbass

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui