Início Incêndios Incêndios: Não há incêndios ativos significativos – Proteção Civil

Incêndios: Não há incêndios ativos significativos – Proteção Civil

83
0
The silhouette of a firefighters battling a fire in Cruzinha, Alvaiazere, Portugal, 10 July 2022. The fire that has been burning in forest stands since Thursday in Cumeada, Ourem, remains active and has already overtaken the municipalities of Alvaiazere and Ferreira do Zezere, where it remains active and was fought by almost 700 operatives, assisted by 222 vehicles and seven airborne means. PAULO CUNHA/LUSA

Portugal continental está sem incêndios ativos significativos, anunciou hoje a Proteção Civil, sublinhando, no entanto, que os fogos que deflagraram em Pombal e Ourém, apesar de dominados, são motivo de preocupação devido ao risco de reacendimento.

O ponto de situação foi feito pelo comandante nacional da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), André Fernandes, pouco depois das 12:00, durante um ‘briefing’ aos jornalistas na sede da ANEPC, em Carnaxide, Oeiras, no distrito de Lisboa.

Portugal continental entrou às 00:00 de hoje em situação de contingência, que deverá terminar às 23:59 de sexta-feira, mas que poderá ser prolongada caso seja necessário.

Publicidade

A declaração da situação de contingência foi decidida devido às previsões meteorológicas para os próximos dias, que apontam para o agravamento do risco de incêndio, com temperaturas que podem ultrapassar os 45º em algumas partes do país, segundo disse, no sábado, o ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro.

Devido à situação de risco, Portugal ativou o Mecanismo Europeu de Proteção Civil e a Comissão europeia mobilizou, no domingo, dois aviões espanhóis para combater os incêndios no território português.

Artigo anteriorCoates focado na pré-época do Sporting sem pensar no fim da carreira
Próximo artigoLuxemburgo: Controlos de velocidades (11 julho)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui