Início Atualidade Avançado Gabriel Veron deixa Palmeiras e assina com FC Porto por cinco...

Avançado Gabriel Veron deixa Palmeiras e assina com FC Porto por cinco épocas

155
0

O avançado brasileiro Gabriel Veron assinou um contrato de cinco temporadas com o FC Porto, depois de ter abandonado o Palmeiras, comandado pelo treinador português Abel Ferreira, oficializou hoje o campeão nacional de futebol.

“O FC Porto é o maior clube de Portugal. Fiz uma ótima escolha e quando soube desta proposta não quis ouvir mais nenhuma. Estou muito feliz, venho com uma expectativa muito grande e quero mostrar aquilo que sei e agregar”, expressou o dianteiro, durante a cerimónia de apresentação, decorrida em pleno relvado do Estádio do Dragão, no Porto.

Com formação concluída no ‘verdão’, o extremo-direito, de 19 anos, somou 14 golos e outras tantas assistências nos 95 jogos realizados desde 2019 pela formação principal, sendo que, em 2022, jogou por 35 vezes, anotando dois tentos e seis passes para golo.

Publicidade

“Estou muito feliz e honrado por estar num clube tão grande como o FC Porto. Não teria uma oportunidade maior para mim neste momento. Estou a sentir-me em casa e vou dar sempre o meu melhor todos os dias para representar todos os adeptos”, vincou, numa sessão em que surgiu ao lado do presidente ‘azul e branco’, Jorge Nuno Pinto da Costa.

Gabriel Veron venceu duas Taças dos Libertadores (2020 e 2021), uma Supertaça sul-americana (2022), uma Taça do Brasil (2020) e dois campeonatos estaduais paulistas (2020 e 2022) pelo Palmeiras, num palmarés alcançado inteiramente com Abel Ferreira.

“[O Abel Ferreira] Disse-me que o campeonato português era muito forte e difícil e falou muito bem do Sérgio Conceição, que é um treinador excelente, um ídolo dele e bem mais exigente. Quando alguém é assim, é porque quer o seu bem. Isso vai ajudar-me dentro e fora de campo. O FC Porto tem excelentes atletas e vou aprender mais do que ensinar”, confidenciou o novo camisola sete dos ‘dragões’, utilizada pela última vez pelo colombiano Luis Díaz.

De acordo com a imprensa, o FC Porto vai gastar 10,2 milhões de euros para ficar com 100% dos direitos económicos de Gabriel Veron, enquanto o Palmeiras reservou 12,5% das mais-valias de uma futura venda nas negociações com a direção de Pinto da Costa.

“Qualquer jogador que apresentamos é sempre na expectativa de que pode acrescentar alguma coisa ao plantel. Este, tal como todos, tem o aval e o desejo do treinador. É um elemento em que acreditamos e que agora tem de provar que estamos certos ao tê-lo escolhido. É um jovem de 19 anos e tenho muita esperança nele. Estou plenamente confiante de que acertámos mais uma vez”, comentou o líder dos campeões nacionais.

Gabriel Veron é o segundo reforço dos campeões nacionais para 2022/23, após o defesa David Carmo (ex-Sporting de Braga), e deverá estrear-se já na partida de apresentação aos sócios diante dos franceses do Mónaco, no sábado, no Estádio do Dragão, no Porto.

“Uma negociação nunca é fácil, sobretudo com jogadores que têm um valor considerado alto. Decorreu sempre com grande lisura, franqueza e cumprindo com a palavra dada, o que facilita que as coisas se concretizem. Estamos muito felizes por termos trazido este jogador e saúdo o Palmeiras pela forma correta e elegante como lidou connosco”, frisou.

A contratação do melhor jogador do Mundial de sub-17 de 2019, prova conquistada pelo Brasil, foi oficializada pelo FC Porto no dia seguinte à saída do também extremo-direito Francisco Conceição, filho do técnico Sérgio Conceição, para os neerlandeses do Ajax.

“O clube é dirigido de dentro para fora, não de fora para dentro. É um assunto encerrado. Não vou alimentar polémicas. Estamos a montar o plantel de acordo com as vontades do treinador, mas não vou estar aqui a criar expectativas. Temos muitíssimo respeito pelos adeptos. Não temos respeito por quem diz barbaridades sem saber do que fala”, atirou o dirigente.

A equipa de Sérgio Conceição estreia-se oficialmente na nova temporada com a disputa da Supertaça Cândido de Oliveira ante o Tondela, finalista vencido da Taça de Portugal, em 30 de julho, uma semana antes de receber o Marítimo, na ronda inaugural da I Liga.

Artigo anteriorBenfica ‘alternativo’ vence Girona por 4-2 no quarto triunfo da pré-época
Próximo artigoCovid-19: Portugal com 35.945 casos e 107 mortes entre 12 e 18 de julho – DGS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui