Início Desporto Futebol FC Porto com princípio de acordo para a transferência de Fábio Vieira...

FC Porto com princípio de acordo para a transferência de Fábio Vieira para o Arsenal

77
0
FC Porto player Fabio Vieira celebrates a goal against Boavista during the Portuguese First League soccer match held at Bessa Sec XXI stadium in Porto, Portugal, 20th March 2022. MANUEL FERNANDO ARAUJO/LUSA

O futebolista português Fábio Vieira vai representar o Arsenal, depois de o FC Porto ter anunciado um princípio de acordo com os ‘gunners’, em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“A Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD […] vem informar o mercado que chegou a um princípio de acordo com o Arsenal FC para a cedência, a título definitivo, dos direitos de inscrição desportiva do jogador profissional de futebol Fábio Vieira pelo valor de 40ME (quarenta milhões de euros), sendo que destes, 5ME (cinco milhões de euros) estão dependentes da concretização de objetivos desportivos”, lê-se.

No mesmo comunicado, a SAD ‘azul e branca’ refere que “o acordo final está ainda ser ultimado esperando-se a sua concretização nos próximos dias”.

Publicidade

Vieira junta-se no Arsenal, quinto classificado da última edição da Premier League, aos compatriotas Cedric Soares e Nuno Tavares.

O jogador de 22 anos abandona o FC Porto depois de dois anos completos na equipa principal, tendo registado 39 jogos, sete golos e 16 assistências na última temporada, que terminou com os ‘dragões’ a conquistarem o título nacional.

Na I Liga, o esquerdino esteve 27 jogos, tendo contribuído com seis golos e 14 passes decisivos.

Vieira, que tanto pode atuar a médio ofensivo como também como segundo avançado, é internacional jovem por Portugal ingressou nos escalões de formação do FC Porto com apenas oito anos, tendo integrado a equipa que, em 2018/19, conquistou a UEFA Youth League.

Artigo anterior10 de junho: Grupo de Cavaquinhos das Gaeiras (Óbidos) no Luxemburgo
Próximo artigoChega desafia ministra da Saúde a demitir-se se não conseguir resolver “o caos” nas urgências

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui