Início Conflitos Ataque com faca em aldeia norueguesa deveu-se a violência doméstica

Ataque com faca em aldeia norueguesa deveu-se a violência doméstica

90
0

O suspeito de ter esfaqueado hoje três pessoas no sul da Noruega é casado com uma das pessoas feridas, anunciou a polícia norueguesa.

“O perpetrador e um dos feridos são casados”, disse o inspetor Odd Skei Kosvteit, citado pela agência francesa AFP.

O incidente foi inicialmente descrito com um episódio de “violência indiscriminada”.

Publicidade

O ataque ocorreu na aldeia de Nore og Ulvdal, 100 quilómetros a oeste da capital, Oslo.

A mulher do suspeito ficou gravemente ferida e foi transportada de helicóptero para um hospital, juntamente com um homem que também foi esfaqueado pelo suspeito, disse a polícia.

As autoridades disseram que o suspeito tinha recebido uma ordem de restrição em dezembro, na sequência de uma investigação de violência doméstica, segundo a agência norte-americana AP.

O atacante, que também ficou ferido, foi detido por suspeita de “danos corporais graves”, acrescentou a polícia.

O ataque ocorreu próximo de uma loja de conveniência e uma escola secundária.

O atacante foi dominado por transeuntes, incluindo alguns estudantes, antes da chegada das autoridades, noticiaram os meios de comunicação noruegueses.

A zona situa-se a norte da cidade de Kongsberg, onde um dinamarquês armado com um arco e facas matou cinco pessoas em outubro de 2021.

O autor do ataque, que os especialistas dizem sofrer de problemas psiquiátricos, está a ser julgado na Noruega desde quinta-feira.

Artigo anteriorRali de Portugal: Thierry Neuville lidera após superespecial de Coimbra
Próximo artigoLiga Nações: David Carmo é a grande novidade nos convocados de Portugal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui