Início Comunidades Jardim de homenagem a soldados portugueses na Primeira Guerra Mundial é inaugurado...

Jardim de homenagem a soldados portugueses na Primeira Guerra Mundial é inaugurado em França

402
0

O Jardim da Paz Português vai ser inaugurado hoje em Richebourg, no norte da França, perto do cemitério onde estão sepultados 1.831 soldados portugueses mortos na Primeira Guerra Mundial, com uma instalação em mármore azul vindo diretamente de Portugal.

Este jardim de homenagem aos soldados portugueses mortos em França no início do século XX integra o novo bosque de Richebourg, dedicando assim um espaço às centenas de combatentes portugueses mortos em terras gaulesas, evocando especialmente a Batalha de La Lys, uma das mais mortíferas para os batalhões portugueses, onde, após 20 dias de confrontos, os alemães saíram derrotados.

Para homenagear o sacrifício das tropas lusas, o ateliê português KWY.studio & Baldios apresentou o projeto “Mesa”, que consiste num banco circular em mármore azul, proveniente de Portugal, no centro do jardim onde várias pessoas se podem reunir, num convite à reflexão sobre os confrontos de há um século.

Publicidade

“A Mesa é uma construção circular e convida os visitantes a refletir, a partilhar e a meditar sobre a paz. […] Para nós foi um ótimo projeto, estamos muito contentes de ter trabalhado nele e foi uma grande oportunidade”, disse o arquiteto Max Théréné, que participou na elaboração do projeto, em declarações à agência Lusa.

Esta instalação é envolvida por 12 carvalhos e situa-se junto a um ecossistema de água com juncos e nenúfares. Segundo a associação Art & Jardins, que leva a cabo vários projetos nesta região de França e que está à frente desta iniciativa, este é um “local de memória, onde os encontros devem fazer pensar a quem nos precedeu, às lembranças e à partilha”.

O jardim vai ser inaugurado pelo embaixador de Portugal em França, Jorge Torres Pereira, pelo chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas português, almirante António Silva Ribeiro, e pelo chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas francesas, general Thierry Burkhard, contando ainda com a presença de outras altas patentes militares dos dois países.

A jornada deste sábado será consagrada à memória dos soldados portugueses no 104.º aniversário da Batalha de La Lys, estando prevista ainda uma homenagem no cemitério de Richebourg, com a atribuição de condecorações e deposição de coroas de flores.

Artigo anteriorJorge Jesus chega ao Luxemburgo para assinar como selecionador nacional
Próximo artigoBelenenses SAD vence Portimonense e deixa último lugar da I Liga

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui