Início Desporto Neymar é o mais bem pago e Paris Saint-Germain o maior pagador

Neymar é o mais bem pago e Paris Saint-Germain o maior pagador

131
0
Soccer Football - Ligue 1 - Paris St Germain v Bordeaux - Parc des Princes, Paris, France - November 28, 2020 Paris St Germain's Neymar in action with Bordeaux's Otavio and Mehdi Zerkane REUTERS/Benoit Tessier

O brasileiro Neymar, do Paris Saint-Germain, é o futebolista com o salário mais elevado no futebol francês, com 4,1 milhões de euros brutos mensais, e o clube parisiense o maior pagador, referem hoje L’Equipe e France Info.

Neymar é seguido na lista dos maiores salários no futebol gaulês, que conta no ‘top 10’ apenas com jogadores do PSG, pelo argentino Lionel Messi, com 3,3 ME, e o francês Kylian Mbappé, com 2,2 ME, segundo as estimativas feitas pelos dois órgãos de comunicação social.

No caso de Messi, é especificado que o avançado argentino recebe um salário líquido de cerca de 25 milhões de euros por ano, além de um bónus de fidelidade de 15 milhões brutos, o que lhe permite ultrapassar um pouco os 30 milhões líquidos por ano.

Publicidade

O trio de estrelas é seguido na lista dos mais bem pagos do PSG pelo brasileiro Marquinhos e o italiano Marco Verratti, ambos com 1,2 milhões de euros brutos mensais, o marroquino Achraf Hakimi (1,08 ME), o costa-riquenho Keylor Navas (um milhão) e o argentino Ángel di María (950 mil euros).

A lista dos 10 jogadores do PSG mais bem pagos é fechada pelo neerlandês Gini Wijnaldum e o italiano Gigi Donnarumma, ambos com 916 mil euros brutos mensais.

Em resumo, o salário médio do Paris Saint-Germain (cujo proprietário é um fundo soberano do Qatar) passou de 800 para 990 mil euros brutos por mês numa temporada.

O agente de jogadores Yvan Le Mée explica aos dois meios de comunicação social que este aumento mensal se deve à contratação no verão de 2021 de vários jogadores livres: Lionel Messi, Donnarumma, Wijnaldum e o espanhol Sergio Ramos.

O Marselha é o segundo clube com o plantel mais caro (226 mil euros brutos por mês em média), destacando-se o congolês Cédric Bakambu e o polaco Arkadius Milik (400 mil euros cada).

Mas a segunda equipa com maiores salários individuais é o Mónaco, onde o antigo jogador do Sevilha Wissam Ben Yedder embolsa 650 mil euros brutos por mês e o espanhol Cesc Fábregas 600 mil.

Muito mais modestos são os números do quarto maior clube de França, o Lyon, onde o jogador mais bem pago é Tanguy Ndombélé, com 350 mil euros brutos por mês, e um salário médio de 120 mil.

Artigo anteriorDaniela Melchior vai participar no novo filme de “Velocidade Furiosa”
Próximo artigoSimone de Oliveira despede-se dos palcos ao fim de 65 anos de carreira

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui