Início Conflitos Rússia entra na segunda maior cidade do país, Kherson e Berdiansk cercadas

Rússia entra na segunda maior cidade do país, Kherson e Berdiansk cercadas

590
0

O exército russo entrou na segunda maior cidade ucraniana, Kharkiv, no norte, e cercou duas cidades no sul da Ucrânia, Kherson e Berdiansk, no quarto dia da invasão do país.

As autoridades ucranianas confirmaram que as tropas russas entraram hoje em Kharkiv.

“Os veículos inimigos estão a circular pela cidade. Devido à situação operacional, o transporte no distrito de Oleksiyivka foi cancelado”, informou na plataforma de mensagens Telegram o Serviço de Estado da Ucrânia para Comunicações Especiais e Proteção da Informação.

Publicidade

Na publicação é possível ver um vídeo no qual se observam vários veículos blindados numa zona urbana.

“Durante as últimas 24 horas, as forças armadas russas bloquearam completamente as cidades de Kherson e Berdiansk”, que têm respetivamente 290.000 e 110.000 habitantes, adiantou por sua vez o Ministério da Defesa russo, citado pela agência de notícias TASS.

A Rússia lançou na quinta-feira de madrugada uma ofensiva militar na Ucrânia, com forças terrestres e bombardeamento de alvos em várias cidades, que já provocaram pelo menos 198 mortos, incluindo civis, e mais de 1.100 feridos, em território ucraniano, segundo Kiev. A ONU deu conta de 150.000 deslocados para a Polónia, Hungria, Moldávia e Roménia.

O Presidente russo, Vladimir Putin, disse que a “operação militar especial” na Ucrânia visa desmilitarizar o país vizinho e que era a única maneira de a Rússia se defender, precisando o Kremlin que a ofensiva durará o tempo necessário.

O ataque foi condenado pela generalidade da comunidade internacional e motivou reuniões de emergência de vários governos, incluindo o português, e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), UE e Conselho de Segurança da ONU, tendo sido aprovadas sanções em massa contra a Rússia.

Artigo anteriorUcrânia: Zelensky diz que a noite “foi dura” no país
Próximo artigoClube de comédia em Paris promove noite de humor franco-português para acabar com preconceitos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui