Início Desporto Andebol Andebol/Europeu: Espanha, Suécia e Noruega voltam a vencer

Andebol/Europeu: Espanha, Suécia e Noruega voltam a vencer

85
0

As seleções de andebol da Espanha, Suécia e Noruega voltaram hoje a vencer os seus jogos no grupo II da fase principal do Euro2022, em Bratislava, e perfilam-se para decidir entre si dois dos semifinalistas.

Com a primeira e a segunda jornada do grupo II a decorrer em dias consecutivos, o cansaço dos jogadores, a somar à gestão feita em função dos casos de covid-19 que afetam as seleções, acabaram por pesar no desfecho dos jogos.

A Espanha, com menos de 24 horas sobre o triunfo frente à Alemanha (29-23), derrotou a Rússia por apenas um golo (26-25), numa partida em que teve de puxar dos galões de bicampeã europeia para recuperar de uma desvantagem de quatro (18-22).

Publicidade

A seleção espanhola, com o triunfo frente à Rússia, que voltou a perder na ‘main round’, após, na quinta-feira, ter sido derrotada por 29-23 pela Suécia, estendeu para 12 o número de jogos sem perder em fase finais (11 vitórias e um empate).

A última derrota da Espanha, que lidera invicta o grupo II, com seis pontos e um pé praticamente nas meias-finais, ocorreu frente à Eslovénia (31-26), na fase principal do Euro2018, em 23 de janeiro, na Croácia, que viria a conquistar.

A Suécia venceu por 10 golos a Polónia (28-18), numa partida de fraco nível e em que ambas as seleções, a acumular erros, denotaram enormes dificuldades físicas, dado o pouco tempo de recuperação em relação ao desgaste provocado pelos jogos de quinta-feira.

O equilíbrio marcou presença apenas nos minutos iniciais do jogo, até aos 6-5, após o que a Suécia, mesmo sem jogar bem, mas com o guarda-redes Tobias Thulin em grande nível, ‘disparou’ para uma vantagem de oito golos ao intervalo (14-6).

Para a história do jogo, que poderá servir para a EHF rever a calendarização, ficou o pobre espetáculo de andebol, em que a Polónia marcou apenas seis golos na primeira parte, e o avolumar da vantagem da Suécia, que chegou aos 13 (23-10).

Já perto do final do encontro, a seleção polaca ainda mostrou o seu valor com um parcial de 8-3, que lhe permitiu equilibrar o jogo, mas insuficiente para amenizar a derrota por 28-18, que deixa a seleção na última posição do grupo II, sem pontos.

No último jogo da segunda ronda do grupo II, a Noruega confirmou o seu favoritismo frente à Alemanha, uma das seleções mais afetadas por casos de covid-19, e venceu por 28-23, gerindo uma vantagem média de quatro golos na segunda parte.

A Alemanha liderou até aos 6-5, com o guarda-redes Johannes Bitter em destaque, mas a Noruega passou para a frente aos 7-6, atingiu o intervalo a vencer por 14-12 e, depois de ter chegado a estar com seis de vantagem, aos 25-19, fechou com 28-23.

A bicampeã europeia Espanha lidera o grupo, com seis pontos, seguida da Noruega (medalha de bronze no Euro2020) e da Suécia (vice-campeã mundial), ambas com quatro, da Alemanha e da Rússia, com dois, e da Polónia, com zero, e com apenas quatro pontos em disputa, cada vez mais longe das meias-finais.

A terceira jornada está marcada para domingo e inclui os jogos Polónia-Rússia (14:30 em Lisboa), Alemanha-Suécia (17:00) e Espanha-Noruega (19:30). Os dois primeiros classificados apuram-se para as meias-finais e o terceiro para o jogo de atribuição dos quinto e sexto lugares.

Artigo anteriorPolícia Judiciária recupera na Bélgica quadro apreendido a Rendeiro
Próximo artigoCovid-19: Espanha quer tratar a doença no futuro como se fosse uma gripe

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui