Início Comunidades Emigrantes “são importantes para o turismo em Portugal” – Governo

Emigrantes “são importantes para o turismo em Portugal” – Governo

79
0
A secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, durante uma entrevista à agência Lusa, em Luanda, Angola, 21 de abril de 2021. Portugal está a discutir com Angola acordos para facilitação de vistos e sobre mobilidade jovem, anunciou hoje a secretária de Estado das Comunidades portuguesa, que abordou estes assuntos com as autoridades angolanas. AMPE ROGÉRIO/LUSA

A secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, considerou que os emigrantes, que nesta época do ano chegam em maior número ao território nacional, “são importantes para o turismo em Portugal”.

“A presença dos emigrantes é importante nesta época do ano e é importante durante todo o ano, porque se nós olharmos para os principais mercados emissores de turistas, não será coincidência serem exatamente os países onde temos grandes comunidades de emigrantes”, disse hoje a governante.

A secretária de Estado das Comunidades Portuguesas falava à agência Lusa em Vilar Formoso, no concelho de Almeida, distrito da Guarda, à margem da sua participação na campanha de sensibilização rodoviária “Sécur’été 2021 – Verão em Portugal”, promovida até domingo pela associação de jovens lusodescendentes Cap Magellan, destinada aos emigrantes que se deslocam de carro a Portugal durante as férias de verão.

Publicidade

Berta Nunes disse ter “a certeza” que as comunidades portuguesas “também são importantes para divulgar Portugal e para trazer turistas” ao país.

“E, por isso, é muito importante que venham no verão. Mas nós sabemos que cada vez mais os emigrantes não veem só no verão, até porque a mobilidade agora é muito mais fácil, as pessoas tomam um avião e estão rapidamente aqui [em Portugal]”, acrescentou.

Segundo a secretária de Estado, muitos dos emigrantes “já não vêm de carro, já não passam nas fronteiras terrestres” e “há muitos emigrantes que vêm aqui [Portugal] duas, três vezes por ano, ou mais”.

“[Os emigrantes] veem, trazem os seus amigos. E eu tenho muitos exemplos desses. E divulgam Portugal. E, por isso, eles são muito importantes para o turismo em Portugal”, rematou Berta Nunes.

Os emigrantes que hoje entram em Portugal pela fronteira de Vilar Formoso, no distrito da Guarda, estão a ser recebidos com conselhos sobre os cuidados que devem ter para evitar incêndios, acidentes rodoviários e contágios pela doença covid-19, no âmbito da campanha de sensibilização rodoviária “Sécur’été 2021 – Verão em Portugal”, promovida pela associação de jovens lusodescendentes Cap Magellan.

A iniciativa realizada na principal fronteira terrestre de Portugal contou, hoje de manhã, com a participação da secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar, e da secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, entre outros responsáveis.

Artigo anteriorTóquio2020: Ricardo dos Santos fica pelas eliminatórias dos 400 metros
Próximo artigoLuxemburgo: Controlos de velocidades (1 agosto)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here