Início Política Presidente da Câmara de Vila Real de Santo António renuncia ao mandato

Presidente da Câmara de Vila Real de Santo António renuncia ao mandato

298
0

A presidente da Câmara de Vila Real de Santo António, Conceição Cabrita, renunciou hoje ao mandato autárquico, na sequência da sua detenção, ocorrida na terça-feira, por suspeitas de irregularidades na gestão autárquica, anunciou hoje o município.

A autarquia avançou em comunicado que Conceição Cabrita “renunciou ao seu mandato com efeitos imediatos”, no sentido de assegurar o normal funcionamento da Câmara algarvia, depois de ter sido detida no âmbito da “Operação Triângulo”, desencadeada pela Diretoria do Sul da Polícia Judiciária (PJ).

A autarca e mais três pessoas – dois empresários e um funcionário da autarquia – foram detidas na terça-feira de manhã pela PJ por suspeitas de corrupção, recebimento indevido de vantagem e abuso de poder na intermediação de um negócio imobiliário em Monte Gordo, Vila Real de Santo António, no Algarve, avançou a polícia em comunicado.

Publicidade

Em causa estão “factos suscetíveis de integrarem a prática dos crimes de corrupção, recebimento indevido de vantagem e abuso de poder”, havendo “suspeitas de atuação ilícita de titular de cargo político, que beneficiou da colaboração de funcionários, bem como outros intervenientes, na intermediação de um negócio, de compra de imóvel, propriedade do município, em Monte Gordo”, lê-se ainda no documento.

O negócio imobiliário que esteve na origem da detenção dos quatro suspeitos, entre as quais a presidente da Câmara de Vila Real de Santo António, envolveu a venda de um terreno em Monte Gordo por 5,6 milhões de euros.

A proposta de venda do terreno, com cerca de cinco mil metros quadrados, situado junto ao hotel Vasco da Gama, foi aprovada em Assembleia Municipal no dia 03 de abril de 2020, com os votos a favor do PSD e contra da bancada do PS e da CDU, pode ler-se na ata da reunião a que a Lusa teve acesso.

No negócio, a autarquia do distrito de Faro pretendia “receber à cabeça 50% do valor” e o resto quando os projetos estivessem “concluídos e licenciados”. O objetivo seria a construção de “habitação, comércio, serviços e turismo”, além de um estacionamento no subsolo, refere o documento.

Os detidos estão a ser ouvidos em primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Évora.

Conceição Cabrita foi eleita presidente da Câmara de Vila Real de Santo António em 2017, nas listas do PSD, sucedendo no cargo ao também social-democrata Luís Gomes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.