Início Saúde Covid-19: Governo francês estima que situação deve melhorar a meio de abril

Covid-19: Governo francês estima que situação deve melhorar a meio de abril

363
0

O Governo francês vê “um horizonte ao fundo do túnel” para esta terceira vaga da covid-19 a partir de meio de abril, embora os números de casos e de pessoas nos serviços de cuidados intensivos continuem a aumentar.

“O regresso à normalidade está à vista, os sítios que constituem a nossa vida social vão abrir, é um horizonte ao fundo do túnel que devemos ter como objetivo”, disse hoje o porta-voz do Governo, Gabriel Attal, após o Conselho de Ministros que decorreu no Palácio do Eliseu, em Paris.

Este horizonte deve ser de quatro a seis semanas, segundo estima o Governo, mas até lá devem ser introduzidas novas medidas sanitárias de forma a travar a vaga de covid-19 que se mantém constante, apesar de já haver atualmente mais de 3 milhões de pessoas vacinadas no país.

Publicidade

As medidas que estão a ser estudadas incluem alargar o confinamento ao fim de semana a mais regiões.

As novas medidas devem ser apresentadas já quinta-feira pelo primeiro-ministro, Jean Castex.

Nas últimas 24 horas foram detetados 26.788 novos casos de covid-19, elevando assim para 3.810.316 o número total de casos confirmados no país.

Ainda desde terça-feira morreram 322 pessoas devido à doença, com o total desde o início da pandemia a ser agora de 87.542 mortes.

Apesar de haver menos 152 hospitalizações desde a véspera, com 25.111 pessoas internadas, há mais pacientes em estado grave. O número de pessoas nos cuidados intensivos devido ao vírus é agora de 3.637.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.549.910 mortos no mundo, resultantes de mais de 114,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Artigo anteriorPortugal inicia qualificação para Campeonato do Mundo do Qatar em Turim
Próximo artigoIslândia prepara-se para possível erupção perto de Reykjavik

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui