Início Comunidades Comunicação social das comunidades portuguesas exige publicidade institucional

Comunicação social das comunidades portuguesas exige publicidade institucional

141
0

O Conselho das Comunidades Portuguesas (CCP) escreveu ao poder político para exigir que a publicidade institucional do Estado passe a ser obrigatória nos órgãos de comunicação social das comunidades portuguesas.

Reunido no dia 20, o Conselho Permanente do CCP dirige-se ao Presidente da República, ao Governo e à Assembleia da República para pedir a revisão da Lei 95/2015, no sentido de “integrar de forma obrigatória na publicidade institucional do Estado os órgãos de comunicação social de raiz portuguesa nas comunidades”.

O CCP sustenta, em comunicado hoje divulgado, que dessa forma se evitariam os “apoios extraordinários”, como aconteceu em 2020, que, “apesar de necessários, não alcançam a universalidade dos órgãos”.

Publicidade

Em simultâneo, o Estado português cumpriria “com o dever de difundir no seio das comunidades a informação de caráter institucional, à qual os que vivem no estrangeiro têm pleno direito”, frisa.

No comunicado, assinado por Flávio Alves Martins, presidente do Conselho Permanente, o CCP pede ainda a realização, “com a devida urgência”, de um levantamento da comunicação social nas comunidades, para obter “exata informação de quantos e quais são esses órgãos, de raiz portuguesa, nos países de acolhimento”.

Com estas medidas – entende o CCP –, será possível conhecer “a realidade da comunicação social nas comunidades” e abrir caminho “a novas oportunidades”.

Realçando “o papel desenvolvido pelos órgãos de comunicação social junto das comunidades portuguesas”, nomeadamente “no desenvolvimento da língua e da cultura portuguesa no estrangeiro”, o CCP assinala que “a comunicação social das comunidades atravessa difícil fase no seu financiamento, ainda mais agravada pela pandemia”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.